2804
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 12/05/2016 14:59

Agricultores começam a colheita do café arábica em propriedades de MG

Trabalho foi antecipado no sul do estado. Região é uma das principais produtoras do grão no país.
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Agricultores começam a colheita do café arábica em propriedades de MG
A colheita do café arábica está começando mais cedo este ano. A expectativa é boa dos agricultores do sul de Minas Gerais, principal região produtora do país. Guaxupé é um dos municípios do sul de Minas Gerais que tem o café como o principal produto da sua economia. A safra 2016 está repleta de boas notícias para os agricultores que trabalham com o café arábica. O clima ajudou e o Brasil pode ter um incremento de quase 25% em relação ao que foi registrado em 2015 caso seja confirmada a estimativa máxima divulgada pela Conab, que aponta para uma produção de 40 milhões de sacas. Grande parte desse total deve sair do sul de Minas Gerias, que começou mais cedo a colheita neste ano.

O produtor Hugo Vilas Boas começou o trabalho 30 dias antes do que de costume e espera uma produção de 3,5 mil sacas em 110 hectares de lavoura. “Eu devo colher mil sacas a mais do que no ano passado”, diz. O agricultor conta com 21 trabalhadores no início de colheita. A antecipação da safra mexeu com o ânimo de todos.

Nos cálculos do agrônomo Eduardo Renê, a colheita antecipada vem ocorrendo em pouco mais de 5% das propriedades da região. Para ele, isso só foi possível porque sol e chuva entraram em sintonia e garantiram o amadurecimento precoce dos grãos.

“A temperatura média de dezembro até março está um grau acima da média histórica, o que acelera o amadurecimento do fruto. Devido às chuvas no início do ano, os frutos esse ano estão com uma granação muito boa. A gente espera um bom rendimento”, diz Renê.

Os 14 armazéns da Cooxupé, Cooperativa de Cafeicultores de Guaxupé, recebem a produção de 12 mil associados. Por enquanto, a movimentação está pequena. Mas a estrutura está preparada para receber a safra.

“Este ano, estamos esperando receber cinco milhões de sacas de café de cooperados e adquirir no mercado em torno de 1,2 milhão de sacas. Isso é recorde para a cooperativa. Todos os produtores têm uma preocupação de colher mais rápido e mais cedo para ter uma qualidade muito melhor”, diz Lúcio Dias, superintendente comercial da Cooxupé.

O produtor Ari Queiroz deve começar a colheita dentro de 15 dias. Ele é um dos agricultores que perseguem a boa qualidade do café. Geralmente entre 60% e 70% da produção recebem a classificação de bebida fina tipo seis. “Tem que ter qualidade. Tendo qualidade, tem preço”, diz. A cooperativa de Guaxupé recebe café de produtores de mais de 200 municípios de Minas Gerais e de São Paulo. - Fonte: G1

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]