1875
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 18/08/2017 12:24

Aluna do Colégio Dom Inácio lança livro no Teatro Municipal

O lançamento do segundo livro "As coisas que caem do céu", será neste dia 18 de agosto, às 20h, no Teatro Municipal de Guaxupé.
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Aluna do Colégio Dom Inácio lança livro no Teatro Municipal

Gabrielli Souza é uma aluna do 1º ano do Ensino Médio, do Colégio Dom Inácio, que se destaca pela paixão pela escrita e forma de expressar seus sentimentos e opiniões. O gosto por escrever poemas começou cedo, por volta dos 10 anos, e já lhe renderam duas publicações, inclusive uma delas com lançamento para esta sexta-feira, 18 de agosto, às 20h, no Teatro Municipal de Guaxupé.

A jovem escritora foi tema de matéria de grandes veículos de comunicação, à nível nacional, pelo seu talento no campo das poesias e viralizou nas redes sociais. O primeiro livro “144 Luas”, com uma coletânea de poemas, foi lançado em 2015, no Colégio Dom Inácio. “Este livro reuniu poesias escritas durante 3 anos. Eu entrei em contato coma a editora e percebi que era possível lançar uma obra. Fiquei muito feliz na época e resolvi não parar. A vontade de escrever só aumentou”, explicou a aluna.

Dois anos depois, chegou o momento de lançar o 2º livro: “As coisas que caem do céu”, que fala sobre problemas políticos, sociais e econômicos que o atual cenário tem vivido. “Mesmo sendo poesias, toda estrutura do livro conta uma história. Coloquei minha paixão durante o momento em que escrevia. E a emoção de ver tudo isso publicado é muito grande, tanto para mim quanto para minha família”.

O gosto pela escrita, pelos assuntos sociais, políticos e econômicos sempre fizeram parte da vida de Gabrielli. Mesmo sendo muito jovem, a aluna participou de reuniões do projeto Parlamento Jovem, da Câmara Municipal de Guaxupé, de grupos de discussão das redes sociais, acompanha diariamente as notícias nos meios de comunicação e também se identifica com as aulas sobre o tema na escola. “O Colégio Dom Inácio sempre me ajudou muito, pois os professores de português me ensinaram a escrever melhor e as aulas com os professores de História, Sociologia e Filosofia colaboraram para eu entender as pessoas e as situações do país. Essa base foi e continua sendo muito boa, pois os professores sempre nos incentivaram a fazer algo diferente, a buscar melhorar o nosso país”.

A família de Gabrielli sempre apoiou e incentivou o gosto da jovem. E juntos, todos estão bastante ansiosos pela noite desta sexta-feira. Mas, Gabrielli não pretende parar por aí. Seu caminho já está planejado para o futuro. “Eu acredito que, o que eu escrevo deve ser mostrado ao mundo. E incentivo jovens como eu a fazerem o mesmo, pois é maravilhoso ter a oportunidade de mostrar o que estamos sentindo. Eu gosto mesmo de escrever, para mim é um hobby. Como profissão, gostaria de seguir na área de Ciências Sociais, mas não quero deixar essa paixão de lado. Pretendo sim continuar escrevendo outros livros. Essa carreira está apenas començando”, finaliza a jovem Gabrielli.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]