1875
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 21/09/2017 23:17

Aulas do PROERD no Colégio Dom Inácio começam nesta sexta-feira

O responsável pela aplicação das atividades, cabo Franco, reuniu-se com pais de alunos do 5º ano, para os quais o programa será transmitido em dez etapas
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Serão iniciadas nesta sexta-feira, 22 de setembro, no Colégio Dom Inácio de Guaxupé, as aulas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência, desencadeado pela Polícia Militar em instituições de ensino no Município. Nesta segunda, 21, pais de alunos, dirigentes e professores participaram de uma reunião com o cabo Franco, da 79ª Cia. Especial PM/MG. Responsável pela condução das atividades, o policial explicou a metodologia e enfatizou a importância do programa para as famílias.

O PROERD no D. Inácio terá como público-alvo estudantes do 5º ano: “Serão encontros no sentido de fortalece-los diante a algumas questões de vulnerabilidade em relação às colocações que alguns colegas possam fazer, situações que podem ocorrer na rotina, em que eles sintam-se tensos e não consigam lidar... enfim, não é uma militarização na escola, mas o objetivo é trazer mais segurança e uma proximidade maior de nossos alunos com as autoridades públicas, com as quais a sociedade podem contar lá fora”, explicou a diretora do D. Inácio, professora Juliana Costa.

Durante o primeiro encontro com pais (novas reuniões acontecerão), o policial instrutor do PROERD esclareceu que o objetivo maior é formar cidadãos conscientes: “Primeiramente, fico satisfeito por ver que o Colégio Dom Inácio não demonstra apenas preocupação com a escola, mas também fora dos muros da instituição, inserindo seus alunos em conhecimento e estratégias, através do PROERD, para que eles saibam lidar com situações de pressão, tensão e outras, que levam ao mundo das drogas”, disse o militar.

Entre os pais e responsáveis pelos alunos, a aceitação foi unânime. Carmem Lúcia Pereira, do Jardim Morada do Sol, por exemplo, enfatizou a importância da realização do PROERD: “Eu acho muito importante, pois precisamos cuidar das nossas crianças, os pré-adolescentes e adolescentes, que são o futuro do Brasil. Guaxupé, de fato, precisava mesmo disto, pois a droga está geral, no mundo”, endossou a familiar de aluno do Colégio.

 

POLÍCIA AMIGA DA SOCIEDADE

Admirado pelo modo eficaz com que atua no PROERD, o cabo Franco destacou também no encontro com os pais a importância da imagem protetora e amiga da Polícia Militar: “Há uma imagem extremamente equivocada, de que a Polícia Militar vem apenas para prender. Isto não é verdade, pois a função principal, primordial, basilar da Polícia Militar é a prevenção, conforme a própria Constituição Federal. É prevenir, manter a ordem pública e, sendo assim, o PROERD é um meio para isto. As estatísticas mostram que, trabalhando com a criança e o adolescente, preveniremos e não teremos a necessidade de prender o adulto. Mostrando a polícia como amiga para qualquer hora estaremos reduzindo os índices criminais para o futuro”, finalizou o policial, que é muito admirado por conta de sua atuação não só nas atividades corriqueiras quanto pela dedicação ao PROERD. “O Colégio Dom Inácio vem se dedicando a um projeto de educação e segurança no campus e esta é mais uma das ações que vislumbramos para tratar com nossos alunos. Trata-se também de um programa educacional de combate à violência e as drogas e iniciaremos este trabalho junto à Polícia Militar. É um programa que vem a agregar já uma ação interna do Colégio, de prevenção e segurança dentro de nossa instituição”, complementou a diretora do Dom Inácio.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]