3011
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 12/05/2016 12:21

Guaxupeano cria projeto social para amenizar dor de famílias carentes

Preto, como é conhecido o criador do "Faça o bem sem olhar a quem", mobiliza empresários e a comunicade para sua causa social
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Guaxupeano cria projeto social para amenizar dor de famílias carentes

Encontra-se em pleno funcionamento o “Projeto Social ‘Faça o bem sem olhar a quem’”, idealizado pelo guaxupeano Luiz Antônio da Silva, que é popularmente conhecido como ‘Preto’. Sensibilizado pelas dificuldades as quais muita gente tem vivido, por conta de pontuais problemas socio-econômicos, o idealizador da iniciativa saiu às ruas e começou, de uma hora para outra, a mobilizar empresários e a população, de forma geral, para amenizar o sofrimento de terceiros. Sem nenhum interesse político-partidário, o autor do programa deixa claro que seu único intuito é levar alegria às pessoas, ainda que pessoas ligadas ou não ao poder público possam participar.

“Faça o Bem...” consta da arrecadação de alimentos, agasalhos, colchões, cobertores e outros donativos, os quais são distribuídos, diretamente, aos necessitados: “Ando muito pelos bairros da cidade e percebo o quanto as famílias, embora sejam compostas por pessoas trabalhadeiras, sofrem. Outras, com membros sem condições de trabalho ou falta de oportunidade, também precisam de ajuda. E, na maioria das vezes, há crianças e idosos envolvidos, o que dá ainda mais pena. Por isto, se ficar só lamentando, nada de bom poderei fazer. Então, ‘arregacemos as mangas’ e partamos para a ação!”, disse o rapaz.

Dos pontos de arredação, o projeto aceita doações na Academia Pride (R. Antônio Rodrigues Arzão, 351, no Dr. Recreio dos Bandeirantes), Nelsinho Calhas (Av. Pres. Tancredo Neves, nº 920, Recreio dos Bandeirantes), Açaí Natural (Av. Dona Floriana, 811 – Centro), Stilo Sampa (R. Norberto Rib. Valle, 212 – Centro), Despanchante Koréia (R. Custódio Rib. Sobrinho, 158), Restaurante Gamero’s (em Juruaia) e loja Kamelô (Av. Dr. João Carlos, 149-C – Centro). Já às pessoas que encontram-se em situação difícil, necessitadas de algum tipo de amparo, o responsável pela “Faça o bem...” divulga seu telefone particular, (35-9-9153-6138), para onde podem ser feitas as reivindicações.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]