1764
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 05/02/2018 17:57

Mais um caminhão emperrado no polêmico trevo do Pólo Industrial

O condutor, apesar de dez anos de experiência, foi surpreendido pela deformidade na engenharia do trevo
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Mais um caminhão emperrado no polêmico trevo do Pólo Industrial

Encontra-se emperrado no trevo de acesso ao Parque Industrial, em Guaxupé (às margens da BR 491), nesta tarde de segunda-feira, 5 de fevereiro, um caminhão Scania, modelo G-380, de cor branca, ano 2009, de São Luís e propriedade do maranhense Júlio Padilha. Numa viagem iniciada há quase três dias, com 2,6 mil Km rodados, do Pará para Guaxupé, o profissional foi surpreendido pela deformidade da via, onde dezenas de ocorrências do mesmo tipo já foram registradas (sem que nada, até agora, tenha sido feito para evitar os transtornos e prejuízos).

O condutor, que pretendia descarregar parte de sua carga (de um total de 32 toneladas) em indústria guaxupeana, não conhecia o declive acentuado e perdeu o controle da situação: “Estava subindo até sossegado, quando o caminhão perdeu a força e começou a retornar de ré. Por pouco não atinjo uma Fiat Strada, que vinha ‘colada’ atrás”, comentou Júlio, que é proprietário do caminhão.

Com o deslizamento de volta à entrada do Trevo, o caminhão teve danificada boa parte da carroceria e engate, além de eventualmente a suspensão, o freio de outras partes. “Não sei avaliar ainda, mas pelo que vimos aqui, o prejuízo será grande. E agora, a quem devo recorrer?”, indagou o rapaz, que não sabe quando sairá de lá. Isto, porque informações extra-oficiais dão conta de que a Prefeitura não enviará socorro, como sempre o faz (pois quer que o Estado cumpra com a sua obrigação).

No local, onde o fluxo de veículos (de distintos tamanhos) está sendo grande na tarde de hoje, policiais militares rodoviários isolaram a área, com vistas à proteção do ambiente e evitar novas ocorrências. De acordo com os militares que atenderam à solicitação, ainda não se sabe como será feito o resgate do caminhão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]