66
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 17/05/2018 10:00

Queimadas em terrenos podem gerar multa aos proprietários

A multa, prevista pela Lei nº 2228/2013, pode chegar a R$300,00
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Queimadas em terrenos podem gerar multa aos proprietários

Basta chegar esta época do ano para que vários focos de queimadas possam ser constatados em terrenos na zona urbana de Guaxupé. O que todos sabem é que isso pode gerar notificação e multas aos proprietários. Para evitar transtornos, o melhor é deixar o local limpo, sem entulhos e matos altos.

 “São inúmeros os transtornos que as queimadas em terrenos podem causar. Indo desde agressão ao Meio Ambiente ao risco iminente de que o fogo possa se alastrar, podendo atingir alguma casa. Por isso é preciso ter uma atenção a isso e pedir a colaboração dos proprietários dos terrenos para que os mantenham limpos, isso evitará que seja ateado fogo no local”, falou Rafaela Soares, diretora de Meio Ambiente da Prefeitura.

A multa, prevista pela Lei nº 2228/2013, pode chegar a R$300,00 (trezentos reais). De acordo com Major Márcio Nunes, diretor de fiscalização, ela será aplicada independente de quem seja o responsável por ter colocado fogo no local: “A obrigação do proprietário é manter seu terreno limpo. Caso isso não seja feito, ele  poderá ser multado pela falta de limpeza. Agora é corriqueiro que queimadas aconteçam. Em terrenos sujos, seja quem for que ateou fogo, o proprietário é quem será responsabilizado, tendo em vista que deveria ter deixado o local limpo, evitando esse tipo de ação”, explicou.

Ainda de acordo com Major Márcio, o objetivo não é a multa, mas sim a consciência do cidadão em manter o terreno limpo: “As vezes nos preocupamos com a multa, mas esta é a última opção. O que deve prevalecer é a consciência de que um terreno sujo pode além da queimada trazer sérios danos à própria população como aparecimento de bichos peçonhentos e ainda gerando problemas ligados à saúde pública como doenças, contaminações e principalmente a dengue”, finalizou.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]