1035
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 10/04/2019 14:08

Mesmo com mais de R$ 20 milhões nas mãos do Estado, Prefeitura de Guaxupé reformará o Poliesportivo com recursos próprios

Os secretários Artur (de Governo e Planejamento) e Marcos Buléd (Esporte, Turismo e Cultura) visitaram a Vila Olímpica com servidores públicos, a fim de dar sequência à estratégia de revitalização do local
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Mesmo com mais de R$ 20 milhões nas mãos do Estado, Prefeitura de Guaxupé reformará o Poliesportivo com recursos próprios

O governo municipal iniciará, por estes dias, a nova licitação pública para reformar o Ginásio Poliesportivo e as quadras externas da Vila Olímpica local. Os serviços, que estão sendo muito aguardados pelos frequentadores do local, serão realizados exclusivamente com recursos próprios, haja vista a dívida de mais de R$ 20 milhões, do Estado de Minas Gerais, para com a Prefeitura guaxupeana. A revitalização do referido espaço, diga-se de passagem, acontecerá em meio à conquista, também por parte do Município, do imóvel onde funcionava o SESI e que, agora, será utilizado pelas secretarias de Esporte e Desenvolvimento Social. Com uma visão estratégica de que no novo local será possível oferecer esporte, educação, assistência social e desenvolvimento pleno, o Executivo tem o objetivo de atender, naquele complexo, várias crianças, adultos e gente da terceira idade.

A reforma do local, na verdade, já começou com a demolição da caixa d’água, então danificada: “No meio deste processo, o prefeito Jarbinhas pediu ao Eliton, o Artur e a mim, um projeto de revitalização do Ginásio Poliesportivo, que é de 1988 e sua última reforma foi em 2004, quando o prefeito, dr. Heber, colocou piso de taco. Ontem, o Artur e o Eliton entregaram o projeto ao Prefeito, com pintura, AVCB, atualização de todos os laudos técnicos dos Bombeiros, previsão para mexer no vestiário, na parte elétrica, fechar a parte alta, fazer a parte hidráulica e substituir o piso, que já está se soltando e o Eliton fez uma pesquisa, sugerindo a instalação do piso epóxi. O Prefeito e o Artur aprovaram e a licitação agora será feita”, explicou Marcos Buléd, secretário de Cultura, Esporte e Turismo, com quem o JOGO SÉRIO falou nesta manhã de quarta-feira, 10 de abril, na própria Vila Olímpica, onde também compareceram o secretário de Governo e Planejamento, Artur Fernandes Gonçalves Filho, o diretor da Divisão de Esportes, Murilo Gallate, e José Luiz, da Divisão de Obras.

 

Ginásio fechado e reforma geral das quadras:

Ainda sobre os serviços, que estariam já adiantados, caso a empresa vencedora da última licitação tivesse honrado o compromisso com a Prefeitura, sabe-se que o Ginásio permanecerá fechado até a construção da nova caixa d’água: “Não há como iniciar as obras. Porém, enquanto isto, os treinamentos de todas as categorias de base ocorrem no Bela Vista e no Polivalente, que nos está sendo cedido pela direção da escola. Quanto aos jogos e campeonatos municipais, na semana que vem faremos um arbitral para decidir onde acontecerão os jogos”, informou Buléd, que também divulgou: “A Divisão de Esportes iniciará, também por estes dias, manutenção das praças no município. Hoje, especificamente, está sendo reformada a quadra do Bairro Nossa Senhora das Dores. Em seguida, vão para o Parque dos Municípios I e, na sequência, as duas quadras externas da Vila Olímpica. Inclusive, elas serão cobertas até o final de 2020. Por enquanto, vamos revitalizar os alambrados, pintura, questão de canalização, entre outros”, disse o secretário.

 

Para crianças, adultos e a terceira idade!!!

Já sobre o imóvel vizinho à Vila Olímpica, onde funcionavam as atividades do SESI/Minas, com complexo de piscinas, quadras de esportes, salas de aula, espaço para consultórios médicos, entre outros, a expectativa é iniciar o mais breve possível os trabalhos: “A parte administrativa da Divisão de Esportes será transferida para o prédio do SESI em dez dias, aproximadamente”, disse Buléd. “O prédio do SESI era um comodato com a Associação Comercial, mas o contrato foi encerrado e nós, em contato com a FIEMG, solicitamos o prédio para utilização. As negociações foram feitas e eles nos enviaram uma primeira minuta, onde o prazo de uso era de um ano. Nós solicitamos três anos, pois faremos algumas reformas no prédio, tendo a FIEMG autorizado e, hoje, o comodato se encontra na FIEMG para assinatura. Assim que chegar, vamos começar a reforma e há todo um planejamento para implantar atividades das secretarias de Esporte e Social. Há todo um trabalho do Buléd e do Claudinei (secretário de Desenvolvimento Social) para a realização de um trabalho onde crianças, adultos e gente da terceira idade terão atividades. Também os meninos do Horto Florestal (no Agenor de Lima) também estarão no local. É um projeto que soma demais e integra várias secretarias. Isto é, portanto, uma parada estratégica e que, em breve, teremos uma grande novidade na questão de esporte e desenvolvimento social”, complementou Arturzinho, como é conhecido o secretário de Governo e Planejamento.

 

Em plena crise...

Cientes de que o fechamento do Ginásio Poliesportivo é prejudicial ao esporte, Artur e Buléd lamentaram, mas evidenciaram a necessidade da reforma. Mais do que isto, Artur chamou a atenção para o compromisso do atual governo com o esporte e o desenvolvimento social: “Tudo o que está sendo feito, a começar pela caixa d’água e, depois, a reforma do Poliesportivo e das quadras externas, é com recursos do contribuinte! Deixando claro que hoje o governo estadual deve a Guaxupé mais de R$ 20 milhões! E nós estamos com as contas em dia e, o que é mais importante, fazendo o que é preciso: investindo bem o dinheiro do contribuinte. Dentro desta crise gerada pelo Estado, temos uma ilha chamada Guaxupé que ainda consegue, com recurso próprio, fazer este tipo de investimento em atividades de esporte e desenvolvimento social, o que, na grande maioria dos governos, não é tratado como prioridade! Mas, aqui, a gente tem este planejamento, o que é feito com vistas ao desenvolvimento social, com muito esporte e desenvolvimento à sociedade”, finalizou Artur, que prevê a conclusão de toda a reforma para janeiro de 2020.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]