3745
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 27/03/2020 19:56

Promotores repudiam "carreata de volta ao trabalho" em Guaxupé

De acordo com a dupla de autoridades, as pessoas que participarem do movimento serão identificadas e responderão juridicamente pela desobediência ao Decreto de Quarentena editado pelo governo municipal
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Os promotores de Justiça, drs. Ali Mahmoud Fayez Ayoub e Cláudio Luiz Gonçalves Marins, criticaram a "Carreata de Volta ao Trabalho", programada via redes sociais para acontecer neste domingo, 29 de março, no Município. Informados sobre a pressão popular pelo retorno às atividades, os dois representantes do Ministério Público local alertaram que a iniciativa contraria o Decreto de Quarentena, editado pelo Governo Municipal e, que sendo assim, configura em crime.
As duas autoridades participaram de coletiva de imprensa no Fórum, nesta tarde de sexta-feira, 27 de março, sobre o enfrentamento ao Coronavírus (veja transmissão ao vivo, em matéria do JOGO SÉRIO). Taxativos, eles destacaram a necessidade de seguir às orientações médicas pelo isolamento social. "Este tipo de carreata não é uma atividade lícita em razão das normas vigentes hoje", ressaltou dr. Ali.
Conforme dr. Ali, a PM já recebeu orientações para identificar os participantes da carreata, caso ela ocorra: "A Polícia Militar não tem uma estrutura para tomar providências imediatas. Portanto, orientamos que, mesmo após tudo o que está sendo dito aqui eles insistirem nisso, os policiais filmarão as pessoas que participarem, as quais serão responsabilizadas depois, nos âmbitos penal, cível e administrativo", explicou dr. Ali.
Cientes dos problemas apresentados pelas pessoas interessadas em encerrar o isolamento social, dr. Cláudio Marins argumentou: "É óbvio que todas as autoridades constituídas também querem o restabelecimento do dia-a-dia. Ninguém está confortável com a situação, mas há momento em que é preciso priorizar a fala dos médicos e pesquisadores, que afirmam ser o isolamento social a melhor alternativa", disse a autoridade", disse ele.

Secretário também condena ação
Também o secretário municipal de Governo e Planejamento, Artur Fernandes Gonçalves Filho, condenou a carreata: "O município de Guaxupé segue clara e objetivamente todas as recomendações do Ministério da Saúde. Então, antes de verem o que o chefe do Executivo nacional está dizendo, prestem atenção no que o Ministério da Saúde está escrevendo! Em Guaxupé, o que está escrito no Decreto é a manifestação clara de um corpo técnico composto por profissionais de várias áreas, sobre o que é melhor para nossa cidade. Então, as três diretrizes que norteiam o enfrentamento ao COVID-19 em nossa cidade são isolamento social, manutenção dos serviços essenciais e o máximo de atividade econômica sem colocar em risco a saúde a população", complementou Artur. 

A coletiva
Conforme já divulgado pelo Jornal JOGO SÉRIO, além de Artur e os dois promotores, participaram da coletiva de imprensa a diretora técnica da Santa Casa, dra. Salma Regina Gallate, que ocupa o cargo de vereadora em Guaxupé; a secretária municipal de Saúde, Daniela Betelli, o médico Nilo Sérgio Vieira Costa, do PSF Aviação. CLIQUE AQUI e assista a coletiva toda.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.