3271
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 13/05/2020 18:08

Pela 6ª e, última vez, promotor Thales recomenda a volta do isolamento horizontal em Guaxupé

O promotor desqualificou o "Protocolo Minas Consciente", criado pelo governo estadual e seguido no município de Guaxupé
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Pela 6ª e, última vez, promotor Thales recomenda a volta do isolamento horizontal em Guaxupé

O promotor de Justiça, dr. Thales Tácito Pontes Luz de Pádua Cerqueira, recomendou, nesta quarta-feira, 13 de maio, a revogação do Decreto nº 2.212, editado no último dia 30, pelo prefeito Jarbas Corrêa Filho (Jarbinhas), com a flexibilização do isolamento social horizontal, conforme ocorria desde 23 de março último. Em seu despacho, divulgado há cerca de uma hora, a Curadoria dos Direitos Humanos do Ministério Público frisa que esta foi a 6ª e última recomendação ao governo local. Conforme publicado pelo JOGO SÉRIO, o referido integrante ministerial e a governança municipal travam verdadeira batalha pela definição de qual será o melhor formato para proteger a população do Novo Coronavírus.
Dr. Thales mais uma vez externou seu repúdio à reabertura gradativa de pontos comerciais, industriais e da prestação de serviços em Guaxupé. Conforme já divulgado, a Prefeitura tem seguido ao "Protocolo Minas Consciente", que afrouxou o distanciamento social. Segundo o promotor, a iniciativa foi contra as normas da Organização Mundial de Saúde e colocará em risco as vidas dos cidadãos. Com análises científicas, opinião da vereadora e médica Salma Regina Gallate, além de uma matéria do jornal Correio Sudoeste, desta quarta, 13, relativa à eventual morte de cidadã por COVID-19 em Guaxupé, dr. Thales desqualificou o Decreto 2.212 e responsabilizou tanto ao prefeito Jarbinhas quanto todos os membros do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus caso ocorra um surto da doença no Município.
Numa peça com sessenta páginas, o representante do MP deu as últimas 48 horas para que o gestor público acate a orientação ou, de outra forma, responda o motivo pelo qual dará sequência à flexilização da quarentena. Taxativo, o promotor já deixou claro que todos os integranttes do Comitê, além do Prefeito, serão submetidos a processos judiciais por conta dos seguidos descumprimentos às recomendações, cujos conteúdos, frisou ele, não têm caráter pessoal, mas sim coletivo. - Conforme noticiado na noite de ontem, a Prefeitura publicou release em seu site, onde externa a contrariedade de dr. Thales às condutas do Comitê. Na ocasião, o autor do texto informou que a municipalidade aguardará as recomendações dos governos estadual e federal para, só depois, tomar suas decisões com relação a Guaxupé. Veja, logo mais, outras atualizações sobre o impasse, que cada vez mais parece transmitir incertezas à população.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.