590
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/12/2016 23:16

Na contramão da crise brasileira, Guaxupé mantém seu "Natal de Luz" pelo 4º ano seguido

Estudos mostram que muitos municípios brasileiros sequer enfeitaram suas ruas; para os guaxupeanos, ao contrário: decoração natalina e programação artística com qualidade, e de graça, são os pontos altos do "Natal de Luz"
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Na contramão da crise brasileira, Guaxupé mantém seu

Enquanto boa parte das cidades brasileiras não sabe como enfrentar a crise econômica, Guaxupé dá exemplo de que a aplicação correta do dinheiro público resulta em investimento para o povo: pelo 4º ano consecutivo, a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo confirmou o “Natal de Luz”, que consta de amplo projeto de decoração (com luzes e cores) e rica programação no Teatro Arlete Souza Mendes, com qualidade e entrada franca. A iniciativa, que tem sido responsável por atrair visitantes de dentro e fora do município, também alavanca as vendas do comércio. Num ano em que o brasileiro sofre com a falta de dinheiro, os escândalos de políticos corruptos e a desesperança cada dia maior, guaxupeanos podem “se dar ao luxo” de comemorar o Natal em ruas ornamentadas, com cores, luzes, programação cultural e adereços invejáveis.

As festividades em Guaxupé começaram no último dia 3, com o lançamento do “Natal de Luz”, quando os enfeites foram acesos em pontos distintos da cidade, como as avenidas Conde Ribeiro do Valle, Inconfidentes e Dona Floriana, as praças do Jardim Planalto, Santa Cruz e das igrejas Catedral e Nossa Senhora do Rosário; ruas do Parque dos Municípios e outras. Mais do que isto, o Koreto Caled Cury, assim como o jardim da Escola Dona Queridinha Bias Fortes e os canteiros centrais da “Conde Ribeiro” contam com figuras natalinas, que vão desse o Papai-noel até presépios, tudo organizado pela artista plástica Helinha Russo, da equipe do secretário Marcos Alexandre Costa Buléd. “É desejo do prefeito Jarbinhas que a cidade fique à altura de seu povo! Ou seja: bonita, feliz e com a esperança de que o ‘Menino Jesus’ adentre seus corações”, disse o secretário Marquinhos, um dos responsáveis pelo projeto.

Ainda na área central, mais precisamente no Teatro Municipal, o foyer transformou-se na “Casa do Papai-noel”, onde crianças e adultos todas as noites deixam-se fotografar com o “bom velhinho” (que neste ano é novamente o guaxupeano Darwin Giopato, considerado o verdadeiro Noel de Guaxupé). Já no salão principal, a Cultura Pública preparou uma extensa programação, onde artistas regionais apresentam-se todas as noites, cada qual ao seu estilo (dança, música, peça teatral, orquestra e outros tipos de manifestações culturais). “Esperamos todos os anos por esta época, quando a arte do povo, seja ela da forma que for, é apresentada à comunidade. Para nós, que amamos tudo isto, é quase indescritível esta oportunidade”, ressaltou a professora de dança Stela Maris, do Studio do Corpo – Celebrando a Vida, que exibiu-se no palco do Teatro Municipal na primeira semana de apresentações.

Pelas ruas, onde crianças são levadas pela vivacidade do “Natal de Luz”, família inteiras aproveitam as noites de verão para passear: “Eu moro em Monte Belo, onde não há ruas bonitas e iluminadas como está acontecendo na maioria das cidades. Então, o jeito é pegar a mulher e a filha para ver esta beleza que está Guaxupé”, disse Edilson Alves de Paula, pai de Lara, de 4 anos. “A gente vem, passeia, vê as lojas abertas e, na medida do possível, vai comprando uma lembrancinha aqui, outra ali. Faz parte! Se gastar com inteligência, dá para agradar aos amigos sem ‘zerar’ o bolso”, descontraiu a vendedora guaxupeana Ana Paula Silva, enquanto “namorava” vitrines na área central da cidade. “Está tudo muito bonito! Agora, já caracterizou todo ano essa beleza!”, complementou o historiador Venerando Vieira Ribeiro, que conversou com o Jornal enquanto visitava a “Casa do Papai-noel”, no foyer do Teatro. Conforme a programação da Cultura Pública, as atrações pelo “Natal de Luz” estendem-se até o dia 31, quando vários artistas passarão pelo palco do Teatro, milhares de crianças visitarão ao Papai-noel e uma multidão expressiva consumirá no comércio local.

 

G1 dá conta de CRISE NOS ESTADOS: Matéria do G1, veiculada neste domingo, 18 de dezembro, informa sobre os impactos da crise financeira nos estados, o que foi responsável pelo cancelamento dos festejos em várias cidades. Conforme levantamento do portal, “... em muitas cidades, as luzes de Natal não foram acesas para cortar gastos. As prefeituras argumentam que precisam priorizar despesas como o pagamento de servidores e a conclusão de obras. Em Guaxupé, vale lembrar, servidores públicos conquistaram os 3% de reajuste salarial, retroativos, o que totalizará em 36% de aumento, numa iniciativa da Prefeitura, por meio de projeto de lei, votado e aprovado pela Câmara, com vistas para liberação do pagamento ainda no início de janeiro próximo. CLIQUE AQUI e acompanhe levantamento do G1, sobre condições de várias cidades, País a fora.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]