8575
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 21/07/2017 16:05

Artesanato mineiro bate recorde na maior feira da América Latina e projeta novos negócios

Governo do Estado busca parcerias para ampliar cada vez mais a participação dos artesãos em eventos de comercialização dos produtos regionais Fotos: Divulgação Seedif
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Artesanato mineiro bate recorde na maior feira da América Latina e projeta novos negócios

O artesanato mineiro bateu recorde em número de peças comercializadas na 18ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), em Olinda (Pernambuco), de 6 a 16 de julho. A maior feira do gênero na América Latina serviu também para que artesãos do estado, individualmente ou em associações, acertassem vendas futuras com lojistas.

O número de peças do artesanato mineiro passou de 11.347 no ano passado para 12.100 em 2017. O faturamento nos três estandes de Minas Gerais chegou a aproximadamente R$ 540 mil, valor praticamente estável em relação a 2016. 

Os bons resultados consolidam a iniciativa conjunta do Governo de Minas Gerais e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Brasileiras (Sebrae-MG) de apoiar os artesão, aproveitando as oportunidades e estimulando negócios no segmento.

O apoio do Governo do Estado para que o trabalho de quase 500 artesãos chegasse à Fenearte se deu por meio da Secretaria Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif) e do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene).

Conforme informações do Núcleo de Artesanato da Seedif, os governos estadual, federal e o Sebrae-MG investiram mais de R$ 200 mil na aquisição de três estandes na Fenearte. 

Além disso, o suporte do Governo de Minas Gerais também ocorreu no transporte das peças, na coordenação e em toda a logística para que o artesão mineiro se sentisse acolhido mesmo distante do seu estado.  

Segundo o secretário da Seedif, Wadson Ribeiro, alguns artesãos desocuparam os espaços antes do término da feira, pois tiveram os seus produtos esgotados. “Estamos felizes com o resultado e isso mostra que o artesanato mineiro é belo, representativo e tem valor comercial”, diz.

O artesanato de 12 famílias da Chapada do Norte (Território Alto Jequitinhonha) esteve pela segunda vez consecutiva na Fenearte e melhorou o desempenho, segundo a representante do grupo, Adriane Coelho. 

“O nosso resultado foi muito bom e vai possibilitar a compra de mais matéria-prima para produção de novos trabalhos. Estamos de olho nas próximas feiras”, explica Adriane, ao lembrar que em Chapada do Norte se utiliza madeira, couro de boi e palha. 

O artesão José Roberto Cunha, de Belo Horizonte -- que se integrou ao grupo incentivado pelo Governo mineiro -- ficou impressionado com a experiência. “Saí tão satisfeito com o resultado que na próxima vez posso levar mais peças e sonhar com um estande individual na feira”, afirma.

Público superior

A 18ª Fenearte bateu recorde de participação, com aumento de 20%. Nas edições anteriores, o público chegou a 300 mil pessoas. Entretanto, neste ano houve um incremento de mais 60 mil pessoas. O faturamento total ainda é contabilizado pelos organizadores para ser divulgado.

Calendário para o artesanato

Agosto - A 31ª CRAFT Design é uma feira para lojistas de decoração e presentes, arquitetos e decoradores. Ela ocorre no Centro de Convenções Frei Caneca, de 3 a 6 de agosto, em São Paulo. A organização e seleção dos artesãos mineiros são do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Brasileiras (Sebrae-MG). O Governo do Estado apoia os artesãos e grupos selecionados. 

Setembro - De 6 a 10 de setembro Tiradentes, um dos destinos turísticos mais procurados de Minas Gerais, sedia a tradicional Feira Mineira de Artesanato, aberta a todos os públicos. São 300 metros quadrados destinados aos artesãos apoiados pelo Governo mineiro, Governo federal, por meio do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) e Sebrae-MG.

Dezembro - Para a semana de 4 a 10 de dezembro está confirmada a 28ª edição da Feira Nacional de Artesanato no Expominas, considerada uma das mais importantes do Brasil, que atrai artesãos de todo o país. A organização do evento é do Instituto Centro de Capacitação de Apoio ao Empreendedor (Centro Cape), com a parceria do Governo de Minas Gerais, Governo Federal e Sebrae-MG.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]