452
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 31/07/2017 17:39

Caminhoneiros confirmam sua força na "33ª Procissão" realizada para homenageá-los

Homenagens, diversão e muito congraçamento de pessoas foram os pontos altos do evento destinado aos profissionais da estrada
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Caminhoneiros confirmam sua força na

Um expressivo número de pessoas participou da “33ª Procissão dos Caminhoneiros de Guaxupé”, neste domingo, 30 de julho, numa promoção de voluntários, com os apoios das iniciativas pública e privada. Tradicional e muito apreciada pela comunidade regional, a iniciativa aconteceu no Parque de Exposições Dr. Geraldo Souza Ribeiro, com manifestações religiosas, artísticas e muita integração social.

A festa dos caminhoneiros começou às 9h, com a missa presidia pelo padre Reginaldo José da Silva, da Paróquia Nossa Senhora das Dores. Sempre muito sábio, o religioso atraiu um grande número de fieis à pregação especial, baseada na importância da dignidade humana, da busca pela evolução e a fé continuada em Deus: “Na vida, não existe nada fácil! De tudo o que parecer fácil, pode ‘tirar o cavalinho da chuva’, conforme diz o ditado. A gente precisa encontrar dificuldade nas coisas, pois é a dificuldade que nos faz refletir, pensar, encontrar novos caminhos, mudar de rumo, mudar de direção”, orientou o sacerdote.

Também foi tomado de emoção o momento em que o organizador, Leonardo Donizetti Moraes, o Léo, que é vereador em Guaxupé, chamou ao palco o caminhoneiro Paulo Bueno, que é popularmente conhecido como “Gatinho”. Vítima de acidente na rodovia Guaxupé/São Pedro da União, ele passou por momentos difíceis, tendo as orações e o apoio dos colegas de profissão sido fundamentais em sua recuperação: “Não sei nem como dizer a emoção de estar aqui com todos, de estar vivo! Agradeço a meus amigos por tudo. E por isto estou aqui hoje, para agradecer”, disse ele, em evidente estado de emoção.

Após a missa, os participantes da Procissão seguiram em romaria, com imagens de Jesus, Maria e José à frente, e ao som de músicas tradicionais no Clube Trio Elétrico. Com centenas de veículos, os profissionais da estrada percorreram ruas e avenidas, sendo admirados pelas famílias por onde passavam. Cada qual a sua maneira, os motoristas exibiam sua satisfação, irreverência, devoção e homenagens prestadas: “Estou gostando bastante de participar. Faz dois anos que dirijo”, disse a condutora Letícia, de Guaxupé. “Nós estamos lembrando de nosso amigo Alexandre, que se foi e deixou muita saudade”, justificaram-se dois outros, com faixas e frases alusivas à amizade de quem já se foi.  

De volta ao Parque de Exposições, os visitantes à “33ª Procissão dos Caminhoneiros” degustaram pratos preparados por membros da Apae e da AADG, parceiras da festa, que aproveitaram a ocasião para arrecadar recursos: “Não podemos perder a oportunidade dada pelo Léo Moraes, a quem agradecemos em nome da Apae. A ‘galera’ está preparando um pernil campeão assado na churrasqueira, a bafo, que está imperdível! Isto é muito importante à entidade, pois nosso forte são os eventos, que junto às doações nos ajudam a manter a Associação”, informou o comerciante Elson do Carmo Santos, presidente da Apae. “Se não for o apoio dos eventos que chamam as entidades para as parcerias, elas não sobreviveriam”, complementou Ester, da direção da AADG.

Entre as autoridades presentes, os deputados Carlos Melles (federal), Antônio Carlos Arantes e Emidinho Madeira (estes dois estaduais) acompanharam o governo municipal de manhã, no recinto do evento: “Me sinto em casa a todos os anos que venho à festa dos caminhoneiros, que transportam o progresso para o País”, disse Arantes. “O caminhoneiro é um meio de comunicação que leva a vida aos municípios e as pessoas”, continuou Melles. “Eles precisam ser mais reconhecidos, o combustível está muito caro, as balanças judiam muito... há uma ‘fábrica de multas’. Estamos lutando... já tivemos várias audiências e encontro com os caminhoneiros no Estado. E tudo o que precisarem de mim, podem ter a certeza de que eles têm em mim um parceiro”, apresentou-se Emidinho.

 

LÉO MORAES FELIZ COM O EVENTO:

Até o final da tarde, o público presente assistiu a apresentações musicais, com artistas da região, além de ter mantido plena interatividade até o fim do evento. Evidentemente feliz com o resultado de mais uma edição da festa, o organizador Léo Moraes ressaltou: “Graças a Deus, o sentimento é dever cumprido, pois ficamos na expectativa de dar tudo certo. Estamos vivendo uma crise no transporte, com o preço alto do diesel. Este ano, houve atraso na safra cafeeira, sendo que muitos caminhões estão nos pátios, carregados de café, e os motoristas não poderão participar. Mas, graças a Deus, os caminhoneiros vieram, assim como o povo, em geral. A gente fica muito contente pela realização do 33º encontro dos caminhoneiros”, disse ele.

Apesar da incumbência de representar a organização, o vereador Léo divide a responsabilidade com os próprios filhos, além de amigos como “Robertinho Borracheiro” e uma extensa equipe: “Quero agradecer a meus filhos, aos amigos Robertinho e todos os organizadores, pois realmente deixamos nossa empresa e a vida, praticamente, para promover o evento. Mas, é muito bom! Quero agradecer às empresas e os amigos que nos ajudam na organização!”, reconheceu Léo Moraes.

Ciente da importância de lutar pelos caminhoneiros, Léo aproveitou a presença dos deputados para reivindicar: “Estive com os deputados estaduais Emidinho Madeira e Antônio Carlos Arantes, além do federal, Melles e o prefeito Jarbinhas, a quem pedi encarecidamente por melhorias urgentes ao ‘Trevo da Vime’, onde a estrutura da entrada resulta em danificações a caminhões. Precisamos, então, que eles resolvam isto o mais rápido possível antes que haja uma eventualidade lá, como, por exemplo, um veículo pesado quebrar e provocar acidentes graves. Talvez, até com perdas de vidas”, informou Léo Moraes. – AGUARDE A vídeo-matéria da “33ª Procissão dos Caminhoneiros de Guaxupé” no canal do Jornal JOGO SÉRIO no youtube. – ENQUANTO ISTO, emocione-se com nossos texto e fotos, disponíveis neste www.jornaljogoserio.com.br.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]