4099
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Aline - Data: 07/08/2017 11:04

Artista plástica realizará exposição em Alpinópolis

Vernissage inaugura a exposição "ABRINDO AS CORTINAS MINEIRAS" no dia 11 de agosto
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Artista plástica realizará exposição em Alpinópolis

A talentosa e conceituada artista plástica Darcy Teixeira, 80 anos de idade, natural de Monte Belo, e uma vida inteira dedicada à arte, à educação e às causas sociais, principalmente na cidade de Alpinópolis, realizará, no próximo dia 11 de agosto (sexta-feira), às 20 horas, no Teatro São Paulo, um grande encontro entre diversos artistas, intelectuais e autoridades do setor público e privado de toda a região. O Vernissage abrirá a exposição “ABRINDO AS CORTINAS MINEIRAS” com a mostra de aproximadamente trinta quadros, todos da própria artista.
No sábado, dia 12, haverá um tradicional “Almoço de Congo”, como é popularmente conhecido os almoços oferecidos aos grupos de congadeiros, os quais estão inseridos na história de Alpinópolis há quase duzentos. O almoço de confraternização dos grupos de Congadas será no Clube Pedra Branca.

Segundo a organizadora do evento, Liliane Lemos, que também é filha da expositora, o evento é, acima de tudo uma forma de valorizar nossas tradições históricas e culturais e, ao mesmo tempo promover uma integração regional através da arte.

 

Contato: (11) 98122-6272 (Liliane)

 

Autora: Darcy Teixeira

Data: 11 de agosto, 2017

Horário: 20hrs

Local: Teatro São Paulo, Alpinópolis, MG.

 

 

“ABRINDO AS CORTINAS MINEIRAS”
Darcy teixeira dos Anjos Lemos

 

Este trabalho é uma contribuição significativa para o estudo conceitual e histórico, o exame do fato folclórico e a análise das manifestações natalinas do povo de Alpinópolis (Ventania), Minas Gerais.

Para a concretização do trabalho, estive presente as procissões, rezas, terços, reuniões familiares, benzeções, situei-me na realidade da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário que lidera as Festas do Reinado e me utilizei da técnica documental , entrevistas não dirigidas, observações direta e indireta, sistemática e participativa.

Darcy Teixeira dos Anjos Lemos, natural de Monte Belo, Minas Gerais, reside em Alpinópolis, tendo recebido o título de cidadã Alpinopolense em 1990.

Exerceu durante 50 anos cargo do magistério público e particular como professora, supervisora pedagógica, administradora educacional, psicopedagoga, diretora de escolas pré-escolar, ensino fundamental e magistério do 2 grau , delegada regional das APAEs do sudoeste 1 do estado de Minas Gerais, presidente do Conselho Municipal de Educação e presidente do Conselho Municipal  de Assistência Social.

Pós-graduada em Psicopedagogia e habilitada para o ensino de desenho geométrico. Fundou em 1972 associação cultural e folclórica ‘’ Dr. José de Carvalho Faria” com o objetivo de difundir e preservar as tradições religiosas e folclóricas do povo Alpinopolense. Fundou em 1994 Escola de música com iniciação ao piano e teclado que recebeu posteriormente de Ponto de Integração  e Cultural (PIC) hoje voltada para o ensino fundamental.

Autora dos livros: Três Dias de Reinado, Os benzedores, Devotos e Devoções, Personalidade e Adaptação.

Fundou 1960 o jornal periódico Voz Infantil

 

VERNISSAGE:

 

JUSTIFICATIVA:

 

Tocaram-me profundamente as manifestações religiosas através de reis, rainhas, princesas, governadores, capitães, cavaleiros, pastores, pastorinhas dos quais tivera conhecimento na escola apenas com a finalidade do aprimoramento da língua Pátria. Jamais pensei poder participar ao vivo do que antes acreditava ser ficção literária: Festa da coroa ou a Festa do Reinado. Então me empolguei na pesquisa registrando fatos através da escrita, bandeira, slides, gravações, diagramas, desenho e pintura.

 

MÉTODO:

 

Certa de que para entender as manifestações de um povo é preciso conheçê-lo estive presente e solidária ao longo dos anos, participando das procissões, rezas, terços, reuniões de família, benzeções, mutirões, situei-me na realidade completa de Nossa Senhora do Rosário que lidera as Festas do Reinado fazendo a uso da técnica documental, entrevista não dirigida, observação direta e indireta, sistemática e participativa.

 

PÚBLICO ALVO:

 

A todos que se sentem responsáveis por despertar nas pessoas o amor pelos valores da terra natal, o cultivo das tradições, apoio as manifestações da religiosidade popular e do folclore, sejam quais forem seus objetivos, para que conheçam o povo de Alpinópolis (Ventania) que pelos caminhos de Minas Gerais vai fazendo sua história.

 

FONTE DE PESQUISA:

 

Livros do Tombo, certidões e registros da Igreja Matriz e Prefeitura Municipal de Alpinópolis, figurantes de grupos religiosos e outros.

Iniciei a pesquisa a partir de 1960.

 

OBJETIVO:

Contribuir para preservação dos valores e da memória de nossa comunidade.

 

CONCLUSÃO:

 

Nas rezas ou nos terços cantados,

No batido forte dos tambores,

Na luta simulada dos cavaleiros

No gesto sofrido, agressivos ou suaves,

Na impulsividade das cambalhotas alegres dos bastiões “ou palhaços “,

Na beleza rítmica das danças:

O HOMEM PROCURA DEUS!

 

Do livro: Três dias de Reinado

De autoria: Darçy Teixeira dos Anjos Lemos: escrito no período de 1960/1970

 

COLETANIA:

Versos cantados por Congo e Muçambique, Pastores,  Pastorinhas,  Folia de Reis.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]