8668
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 20/09/2017 21:22

"FLIG 2017" promove imperdíveis ações de Literatura, Educação e arte para o grande público

Feira, que está entre as melhores do País, destaca-se pela qualidade de seus participantes, entre escritores, representantes de editoras, palestrantes, artistas, estudantes, docentes e amantes da leitura física; reconhecido por conta da importância, a FLIG demonstra cada vez mais a necessidade de haver cultura e educação de verdade para a população
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Ocorre desde a última sexta-feira, 15 de setembro, em Guaxupé, a “FLIG 2017”, que se estenderá até este sábado, 23, com uma série de iniciativas culturais, artísticas e ligadas à Educação, propriamente dita. Promovida por professores voluntários e idealistas, a também chamada “4ª Feira do Livro de Guaxupé” consta do tema “Era uma vez... e a 9ª arte”. Mais do que uma mostra, a iniciativa valoriza a leitura física de obras distintas.

A FLIG foi aberta em solenidade realizada no Teatro Arlete Souza Mendes, com condução do professor e ilusionista José Carlos Ciarallo (JKarllus) e da principal responsável pela Feira, professora Vanda Cândida. Além deles, o escritor Pedro Bandeira, patrono da edição deste ano, o secretário de Estado Adjunto de Cultura de Minas Gerais, João Batista Miguel e a artista plástica Arlette de Simone tiveram participações de destaque na cerimônia.

Já com o evento oficialmente aberto, o grande público tem vivenciado emoções na FLIG, no Clube Guaxupé, onde estandes de diferentes gêneros encontram-se disponíveis para leitores de vários gostos e idades: “Como Guaxupé não é uma cidade de grande porte, a importância cultural de um evento como este é muito grande para a vida cultural não só da cidade, mas da região. A Flig dá incentivo a artistas e o público, no que diz respeito ao hábito pela leitura e a educação”, comentou o estudante Júlio Mourão de Paiva, que compareceu à estreia com seus colegas.

Além das mostras de livros, a FLIG destaca-se ainda por conta das apresentações de artistas da cidade, a região e de localidades distintas. Entre eles, o contador de histórias, Rodrigo Calistro, habituado a encantar públicos de feiras pelo Brasil: “É um prazer inigualável estar num evento literário igual a este, com milhares de crianças prestigiando. Viajo as feiras do Brasil, contando histórias, e este evento, segundo minha singela opinião, é ideal para despertar o interesse à leitura. Não só promove o livro, mas fomenta a literatura. Contando histórias, você aguça a imaginação. E para a cidade, é importante para desenvolver o intelecto”, disse o artista, que está entre os astros da “FLIG 2017”.  

Também têm sido de suma importância na “4ª Feira do Livro de Guaxupé” as oportunidades para apresentações de crianças, adultos e gente da terceira idade, membros de projetos sócioculturais no Município. Nesta quarta-feira, 20 de setembro, o JOGO SÉRIO ouviu ao músico e professor Tailer Felipe Ferreira, do CRAS (Serviço de Convivência do PROJOVEM), o qual emocionou-se durante a exibição de seus alunos: “Não tenho nem palavras para expressar minha alegria por desenvolver este trabalho com o pessoal do PROJOVEM. Sabemos da realidade destes meninos, de suas histórias e, sendo assim, trazê-los para dar este show a quem está prestigiando a Feira, é ‘sem palavras’”, tentou descrever o rapaz, enquanto era cumprimentado por conta da apresentação.

Evidentemente orgulhosa com a realização de seu evento, a professora Vanda: “Me sinto muito emocionada, realizada e estou deslumbrada com tudo o que está acontecendo. O tema da ‘FLIG 2017’ enobrece os gêneros literários e sua diversidade. Abrimos um leque desde os contos de fadas até os quadrinhos. Dá muito trabalho, realmente, elaborar um projeto deste, mas tenho tanto amor em lidar com escritores, literatura e arte, que para mim é uma diversão. Estou muito honrada com o patrono, Pedro Bandeira, Fernanda Takai, que lançará um livro, Paulinho Pedra Azul, Marcelo Dalla, Ivan Zigg e também a presença das escolas da região, o pessoal de Guaxupé fazendo apresentações artísticas. Enfim, estou muito realizada”, declarou a organizadora Vanda Cândida. – Acompanhe as atividades da “FLIG 2017” até este dia 23, das 9h às 21 horas, no Clube Guaxupé, com entrada franca e uma série de manifestações artísticas, literárias e educativas.

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]