1840
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 23/02/2018 14:26

Postulador fala, no Unifeg, sobre a beatificação de Dom Inácio

O pró-reitor Tataio, o padre Reginaldo, o reitor Arthus, o postulador Paolo, o juiz Ronaldo e a professora Ana Cristina durante o evento, no Auditório Elias José
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Postulador fala, no Unifeg, sobre a beatificação de Dom Inácio

O postulador italiano Paolo Vilotta e o juiz de Direito Ronaldo Frigini visitaram, nesta noite de quarta-feira, 21 de fevereiro, o Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé, onde prestaram informações sobre o processo de beatificação do bispo Dom Inácio João Dal Monte, iniciado nesta semana, a pedido da Diocese local. O enviado, que trabalha há três dias na cidade, realiza as primeiras investigações, a fim de levar ao Vaticano provas que resultarão na oficialização do que o povo, em geral, já conclama: a santidade de Dom Inácio.

Paolo e Ronaldo participaram de uma mesa no Auditório Elias José, que fica no interior do Unifeg. Além deles, o reitor do Centro Universitário, professor doutor Reginaldo Arthus, o pró-reitor acadêmico da instituição, dr. Antônio Carlos Pereira (Tataio), a coordenadora do curso de Direito da faculdade, professora doutora Ana Cristina Serrano Mascarenhas e o padre Reginaldo José da Silva, Cura da Catedral, compuseram a Mesa.

Durante mais de duas horas, Paolo e Ronaldo detalharam o trabalho de levantamento de dados, a confirmação científica, investigação de documentos e a exumação do corpo de Dom Inácio (que está sepultado na cripta da Igreja Matriz). “É um processo criterioso, jurídico, histórico, científico, social, religioso e cercado de sigilo. Esta primeira parte deve ser muito bem feita, pois se assim o for, a seguinte fase, já no Vaticano, será mais fácil”, comentou o investigador, que atua como uma espécie de advogado da causa.

Numa noite em que alunos do curso de Direito e outros convidados trocaram uma série de informações, o processo de beatificação de Dom Inácio, tão esperado principalmente pela sociedade católico-cristã, foi detalhado à comunidade acadêmica, na medida do possível (haja vista a rigorosidade do procedimento): “Eu fico extremamente lisonjeado por receber tamanhas autoridades em nosso Centro Universitário. A beatificação de Dom Inácio, que para nós é algo que transcende a importância, será um marco para a história do Município e, é claro, para o mundo”, ressaltou dr. Arthus.

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]