348
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 29/03/2018 20:00

Chapa "Renovar" assume a direção da Fundação Cultural de Guaxupé

A nova diretoria herda uma dívida de aproximadamente R$ 50 mil; o presidente em fim de mandato enfatizou os projetos realizados
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Chapa

A chapa "Renovar" foi eleita nesta noite de quarta-feira, 28 de março, para assumir a diretoria e o conselho fiscal da Fundação Cultural de Guaxupé/Casa da Cultura (relativo ao biênio 2018/20). Num pleito com candidatura única, a produtora artística Vanessa Carina Marques foi empossada como presidente da instituição, que permaneceu por dez anos sob a condução do líder cultural Severo Antônio. Criada há trinta anos, aproximadamente, a entidade agora deverá passar por uma rigorosa reestruturação, com vistas a superar a dívida de cerca de R$ 50 mil, "herdada" pelos antecessores.
A eleição do grupo de Vanessa Marques aconteceu na Casa da Cultura, com participação de membros da antiga e da atual diretorias, além de associados e visitantes. Num primeiro momento, o contador/contabilista Antônio Carlos Rossetti, do conselho fiscal, prestou contas aos sucessores. Detalhadamente, ele relatou toda a saúde financeira da Fundação, que promoveu eventos, desenvolveu projetos, mas acumulou dívidas, como encargos tributários, despesas trabalhistas, salários atrasados e outros problemas. "Essa é a realidade da Fundação, que possui um patrimônio de aproximadamente R$ 250 mil, mas dívidas na casa de R$ 50 mil", enfatizou o profissional.
Após a divulgação da situação financeiro-contábil, o presidente em final de mandato destacou: "Saio com sentimento de dever cumprido, pois muitos músicos foram formados por nós; muitos eventos promovidos na região; muito importante o Fórum Permanente, criado por nós. Por outro lado, sei que poderia fazer mais, não fossem os percausos, como a escassez de recursos, a falta de apoio e a crise econômica", disse Severo, que completou, em entrevista: "Essa dívida nunca me assustou, pois a administrei desde quando entrei. O novo grupo, que está empenhado e é alinhavado com o prefeito, com certeza poderá administrar uma situação melhor do que a minha", complementou ele, até em tom de ironia.
Vanessa, já oficialmente apresentada como presidente, posicionou-se sobre as condições financeiras: "Estou assustada sim e penso que a primeira medida deva ser analisar a real situação jurídico-contábil-financeira da Fundação. Sem Certidão Negativa de Débito, não conseguiremos captar recursos públicos, pois há muito dinheiro para a cultura. Temos, portanto, que fazer uma "faxina" para, depois, chamar os artistas da cidade, que são muitos, uma vez que a Fundação Cultural se compõe com eles e não apenas por um prédio", definiu Vanessa.
Além de Vanessa Marques, a direção executiva da Fundação Cultural de Guaxupé conta com as participações de Camila Acosta Pereira Lima (vice-presidente), Daniela de Paula Madeira (1ª secretária), Marina Aparecida Ferreira Ciarallo (2ª secretária), Sérgio Pires da Cunha (1º diretor administratito/financeiro), Antônio Carlos Rossetti (2º diretor administrativo/financeiro), Adolpho Radaeli (1º diretor de patrimônio), Marcelo Menézio Pallos (2º diretor de patrimônio), Luiz Roberto Ribeiro do Vale (1º diretor de marketing e comunicação), Lourdes Lopes (2º diretor de marketing e comunicação). - Conselho fiscal: Rosângela Arantes Jaber, José Carlos Ciarallo Júnior e Ernani Gonçalves Sastre (titulares); Cassiano Silva, Iara Lúcia Matos Felippe Ferreira da Silva e Ana Elisa Leite Ribeiro.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]