3941
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/08/2019 11:11

"Tecnologia e família" foi tema de palestra da diretora do Dom Inácio na Igreja São José

Professora mestra Juliana Costa atendeu ao convite da Paróquia, que promoveu sua "Semana da Família" entre os últimos dias 12 e 17 de agosto
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

A diretora do Colégio Dom Inácio de Guaxupé, professora mestra Juliana Cristina Costa, ministrou a palestra "Pais e Filhos: fortalecendo as gerações afetivas diante de uma geração tecnológica". A aula especial foi ministrada nesta noite de quinta-feira, 15 de agosto, na Igreja São José Operário, onde ocorreu a "Semana da Família", entre os últimos dias 12 e 17, com várias atividades.
A palestra foi inspirada na experiência da expositora a respeito do tema proposto. Com dezesseis anos de experiência na Educação, Juliana aproveitou seu conhecimento para alertar aos pais sobre a importância de se reinventarem, a fim de auxiliarem os filhos: "A tecnologia é a evolução da humanidade. E, dentro da questão da internet, temos que aprender as novas linguagens, já bastante comum entre nossos filhos. A tecnologia, por conta de tanta coisa ruim que vemos, faz parecer, mas não é negativa, pois sem ela não teríamos chegado até aqui. O que se precisa fazer é refletir sobre o que é adequado ou não, o que é excesso ou não e, por meio disto tudo, manter uma confiança com os filhos", destacou a palestrante.
Mestre em Educação pela Unimcap, Juliana foi responsável pela pesquisa científica “Educação Infantil, Infância e Criança: pressupostos filosóficos, movimentos e ideias que integraram a Educação Infantil ao Sistema Nacional de Educação”. Neste sentido, a especialista aproveitou também este conhecimento para orientar aos pais: "As crianças querem ser cada vez mais independentes. E nós, adultos, devemos entender isto! Somos nós quem devemos incentivá-las, norteando-as e mostrando o mundo sem atropelar etapas ou se envolver de forma que acabaremos gerando super proteção", disse a educadora, que a todo tempo elencou a família, a escola e a igreja como fundamentais na vida das crianças, embora hoje em dia haja tanta diversidade também neste sentido. "Independente do formato, é preciso ter respeito e amor", complementou ela.
Dona de retórica invejável e um conteúdo bastante didático, Juliana Costa interagiu bastante com o público, que sentiu-se à vontade para tirar suas dúvidas: "Ela é muito sabida e fala de forma com que consigamos entender tudinho", disse a dona de casa Ana Paula. "Momento maravilhoso! Fiquei muito feliz em poder participar desta partilha", comentou a espectadora Roberta Avelino. "Foi muito bom, pois ela não ficou só no formato tradicional e convidou-nos à reflexão de temas até bem polêmicos", completou o líder comunitário Donizetti.
Para o padre Edson Alves, pároco da "São José Operário", a participação de Juliana Costa foi mais do que enriquecedora: "Ela nos trouxe a visão da mãe, da educadora, da especialista e da pessoa embuída numa civilização melhor. Só tenho gratidão", disse o sacerdote. Desde o início, padre Edinho recebeu como palestrantes: o secretário municipal de Governo e Planejamento, Artur Fernandes Gonçalves Filho; o professor doutor Luiz Henrique Gomes Santos, da Fisioterapia/Unifeg e do Instituto Sulmineiro de Cabeça e Pescoço; o reitor das escolas da FUNDEG, professor doutor Reginaldo Arthus, o também fisioterapeuta, dr. Ricardo Ferreira (do ISCP); entre outras atividades. - ASSISTA a palestra na íntegra via transmissão ao vivo, feita pela Pascom - São José Operário.  

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]