117
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Waddy - Data: 03/04/2017 14:58

Antônio Golfeto ministra palestra motivacional no Unifeg

Muito descontraída, a aula teve o objetivo de incentivar os alunos a conhecerem seus limites e supera-los
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Foi realizada na noite desta quarta-feira, 29 de março, uma aula mais que especial no Unifeg. A palestra motivacional, voltada o curso de Administração, teve como objetivo incentivar os alunos a reconhecerem os próprios limites. Ministrada pelo professor Antônio Golfeto, cujo currículo ainda soma áreas como ciências políticas e jornalismo, a aula foi bem descontraída e informativa, abordando temas como empreendedorismo, etimologia, política, filosofia, entre outras áreas do saber.

“ Eu abordei exatamente a necessidade de conhecer os próprios limites e não respeita-los. O ser humano é filho de Deus e como tal ele pode fazer tudo aquilo que Deus faz, o salmo 81 diz claramente: ‘ vós sois deuses’. Filho de porco é porco, de gato é gato, de cachorro é cachorro, então filho de Deus é Deus. Então o limite não existe no ser humano, existe consciência de limites, e ela deve ser superada para atingir o limite que é o potencial infinito de cada ser humano” comentou Antônio Golfeto, palestrante da noite.

À frente do curso de administração, o professor Aurélio Miguel, coordenador do curso, falou sobre a importância de trazer nomes como o de Antônio Golfeto para palestrar na instituição: “ É um momento muito importante onde os alunos têm a oportunidade de conhecer uma pessoa com um senso crítico muito aprofundado, além de uma larga experiência na área de administração e economia. É um prêmio, um presente imenso para os alunos, uma oportunidade importante de reciclar conhecimentos, aprofundar e fazer uma grande discussão”.

Dentro os alunos a palestra foi mais do que bem aceita: “ Foi muito importante. Eu fiz um comentário no final da palestra, nós tivemos vários palestrantes renomados, porém eles trazem muita teoria, mas o professor Golfeto nos passou o quanto é necessário sentir o mercado, a parte de empreendedorismo, da administração, o dom que temos que ter, temos que sentir para saber o que estamos fazendo. Para nós que estamos, no último, entrando no mercado de trabalho, temos que sentir, sermos empreendedores mesmo, para levar a empresa para frente.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]