102
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 05/12/2017 18:45

Pais revoltados com zoneamento para matrículas escolares vão ao Judiciário

Educação Pública alega que está apenas seguindo à Resolução do Estado e que foi impossível atender às opções, haja vista que umas escolas têm muito mais demandas do que outras
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Pais revoltados com zoneamento para matrículas escolares vão ao Judiciário

Pais de alunos ingressantes ao Ensino Fundamental (I e II) em Guaxupé estão revoltados com o sistema de zoneamento adotado pela Comissão de Cadastro e Matrícula, no que diz respeito ao ano letivo de 2018. Isto, porque as escolas destinadas a seus filhos não são nenhuma das três indicadas por eles, numa pesquisa feita anteriormente pela própria Educação Pública. Indignados, os tutores criaram um grupo de whats app e tentam, no Judiciário, cancelar o procedimento. A Secretaria Municipal de Educação, por sua vez, alega estar apenas atendendo à Resolução SEE Nº 3.420, que estabelece normas para a realização das matrículas, as quais ocorrerão entre estes dias 11 e 15 de dezembro e visam atender a cerca de mil crianças e pré-adolescentes. Mais do que isto, a municipalidade aponta para um eventual excesso de demandas em determinadas instituições, enquanto outras apresentam baixíssima procura.

Os insatisfeitos não gostaram das escolas para onde seus filhos serão enviados, uma vez que estão em desacordo com as opções informadas por eles. “Indiquei minha filha, de 6 anos, para o ‘Coronel’, ‘Barão’ ou ‘Delfim’, mas querem matriculá-la no ‘Dr. Carlos’. Não é questão de qualidade não, mas tenho já um menino com 8 anos no Coronel e ficará muito difícil para nós, que moramos na Vila Progresso”, disse Luciano da Silva Laudindo. “Eu moro no Jardim Guaxupé e optei pelo ‘Polivalente’, ‘Ginásio’ ou ‘Major Washington’. Mas enviaram meu filho, de 11 anos, para o ‘Queridinha’! Ora, se é um mapeamento, o ‘Poli’, com certeza, está mais próximo de nossa casa!”, indagou Marilene de Rezende, cuja opinou foi pactuada por mais de noventa pais, participantes do grupo de “whats” formado hoje de manhã para debater o assunto.

No Fórum, onde cerca de vinte pais compareceram por volta do meio-dia, inicialmente o grupo tentou falar com o promotor Alexandre Rezende Grillo. Porém, o representante do Ministério Público, que não estava no Palácio da Justiça naquele momento, informou por telefone: “Não poderei atender aos pais, pois este assunto foge à alçada do Ministério Público. Somente poderei me manifestar oficialmente se houver alguma representação judicial, pois aí é outra coisa. Entendo aos senhores pais, mas o mais indicado é procurar um advogado ou até mesmo a Defensoria Pública, caso sintam-se lesados”, informou dr. Grillo, com quem o Jornal JOGO SÉRIO conversou.

Já na Secretaria de Educação, a Comissão Municipal de Cadastro e Matrícula manifestou-se, tendo a diretora da Escola Estadual Dr. André Cortez Granero (Polivalente), Rosa Maria Pedroso Pedroza, informado: “Não há motivos para descontentamento, pois todas as crianças serão atendidas! Apesar das três opções dadas pelos pais, houve escolas com mais pedidos do que outras e, assim, ficou impossível atender a todos. Então, optamos pelo zoneamento, que é assegurado pela Resolução SEE nº 3.420. Os pais, apesar da surpresa, devem se atentar de que todas as escolas têm ótima qualidade, pois seguem o mesmo sistema. Está aí, na verdade, a chance de acabarmos com certos mitos, de que uma é melhor do que a outra e vice-versa. Os pais devem, portanto, visitar as escolas para onde seus filhos vão, se inteirar e, na medida do possível, ajudar a melhorar o que precisa”, comentou a representante da Comissão.

 

PELOS DIREITOS...

Conforme os dirigentes do grupo intitulado “Pelos Direitos de Nossos Filhos”, no final desta tarde a comissão de pais terá uma reunião com o juiz de Direito, dr. João Batista Mendes Filho, além de membros da Secretaria de Educação de Guaxupé. Ao todo, são cinco escolas estaduais e nove municipais, sendo 536 vagas para ingresso ao 6º ano e 529 para o primeiro. Veja, logo mais, informações detalhadas a respeito deste encontro.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]