137
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 26/09/2018 08:43

Escola em Guaxupé trabalha, com alunos, a importância do voto e da cidadania

De acordo com a especialista da escola, Carmem Sílvia Calicchio Gonçalves Silva, a proposta trouxe muitas contribuições para o desenvolvimento das crianças
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Escola em Guaxupé trabalha, com alunos, a importância do voto e da cidadania

Na última sexta-feira, dia 21 de setembro, os alunos da E. M. Professor José de Sá tiveram a oportunidade de vivenciar, na prática, o dia de votação e eleger, através de simulação, os seus candidatos a presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Elementos como urnas, candidatos, mesários, eleitores, foram temas que envolveram a escola como um todo. As 150 crianças matriculadas na escola participaram da dinâmica, dividindo-se nas funções de candidatos (5º ano), mesários (4º ano), fiscais e eleitores (3º, 2º e 1º ano). Os pais e responsáveis também foram convidados a participar da votação.

Este trabalho teve início com uma roda de conversa da professora Wislene Beatriz Valente Ribeiro, durante a organização de uma atividade da disciplina de história. No Livro Didático Integrado, do Aprende Brasil, sistema de ensino adotado pela rede municipal, apareceu o termo “voto de cabresto” e os alunos se interessaram pelo assunto. Durante as pesquisas realizadas pelos alunos, surgiu a ideia de organizar uma eleição na escola. O primeiro passo foi descobrir quais são as funções do presidente da república, dos governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Em seguida, os alunos se organizaram em duas chapas e, em equipes, elaboraram suas propostas de trabalho. Eles também fizeram um ofício para o juiz eleitoral da nossa cidade, solicitando o empréstimo de uma urna e de uma cabine. O trabalho dos alunos foi muito elogiado pelo Dr. João Batista Mendes Filho.

As propostas foram apresentadas a todos os alunos por meio de cartazes, campanhas nas salas e “horário político eleitoral”. Os candidatos produziram e editaram vídeos divulgando suas campanhas e todos os alunos da escola assistiram as propagandas. Todo o processo eleitoral foi conduzido pelas próprias crianças, que vivenciaram todas as etapas preparatórias, desde aspectos teóricos (pesquisas), até os mais práticos, incluindo a escolha de candidatos, a elaboração das propostas, a organização do pleito e, finalmente, o dia da votação e apuração dos votos.

De acordo com a especialista da escola, Carmem Sílvia Calicchio Gonçalves Silva, a proposta trouxe muitas contribuições para o desenvolvimento das crianças: “Elas puderam, ao longo das atividades, desenvolver a oralidade, o poder de argumentação, além de conhecimentos sobre o processo democrático das eleições, os critérios para escolha de candidatos e as necessidades políticas de nosso país”, explicou. Para Mirian Patente, diretora da escola, as ações são importantes uma vez que  contribuem para a compreensão e para o aprendizado dos futuros eleitores. A formação continuada dos professores municipais é voltada para uma educação comprometida com a cidadania. (Texto e foto: Ass. Com. Prefeitura)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]