260
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 16/10/2017 13:04

Guaxupé Country Club sedia avaliação da Sociedade Esportiva Palmeiras

Garotos de diferentes idades foram avaliados por profissionais do "Verdão"
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Guaxupé Country Club sedia avaliação da Sociedade Esportiva Palmeiras

Garotos de diferentes idades, dentro das chamadas categorias de base do futebol de campo, participaram de um teste da Sociedade Esportiva Palmeiras, o qual foi realizado na última sexta-feira, 13 de outubro, nos campos do Guaxupé Country Club. A oportunidade, que atraiu candidatos da cidade e região, resultou na seleção de alguns e deixou os demais esperançosos pelas próximas "peneiras".
O dia de avaliações do Palmeiras no GCC foi conduzido por observadores técnicos do "Verdão": "Estamos encontrando sim alguns talentos. Evidentemente que temos a preocupação principalmente para com aqueles que não são selecionados, pois antes de tudo somos educadores e precisamos deixar uma motivação a eles, que devem continuar a balhata e o sonho não pode ser interrompido por uma avaliação", disse Jorge dos Santos, um dos "olheiros".
Entre os garotos, a expectativa de ser aprovado foi grande: "Está sendo muito bom participar e, se Deus quiser, vou me tornar um jogador de futebol para ajudar minha família", disse Renan Pablo Correia dos Santos, de 13 anos, do Jardim Guaxupé. "O Palmeiras está buscando jogadores na "mamadeira", como diz a gíria, pois são garotos de 10, 11 e 12 anos. Então, a gente precisa prepará-los", disse o educador físico Carlos César dos Santos, de Guaranésia, que é popularmente conhecido como "Pelezinho".
Também entre os aprovados, a ansiedade só terminará após o fim da próxima etapa: Kauã de Brito, da área central, é lateral esquerdo e foi um dos jogadores selecionados: "Ficarei na expectativa de ser chamado pelo Palmeiras e, se Deus quiser, vai dar tudo certo". "Eu já havia ido lá antes e, agora, participei da "peneira" e fui chamado. Minha família ficará feliz com a notícia, pois se eu passar no teste lá, poderei mudar de vida e ajudar a meus parentes", comentou o zagueiro Carlos Eduardo de Melo Cesarino, de 12 anos, morador da Vila Coragem.
Ex-jogador da Sociedade Esportiva Guaxupé e dirigente do Jardim Orminda Futebol Clube, Valdir Donizette levou uma delegação: "Meu menino já teve experiência de fazer teste em time grande e essa molecada hoje aqui está tendo sua oportunidade. Agradeço ao Guaxupé Country Club por abrir as portas para nós e a sorte está lançada. A gente os traz, mas dentro de campo é com eles", disse Valdir.
À frente das categorias de base do Guaxupé Country Club, o professor Rodrigo Stamponi (Diguita) não escondeu o contentamento com as classificações de seus atletas: "A gente fica satisfeito por ver o crescimento do Guaxupé Country Club no esporte. É importante aos alunos que não se classificaram entenderem que haverá mais oportunidades, que tenham paciência, continuem treinando forte para que, no futuro, quem sabe, eles cheguem a ser atletas profissionais", disse Diguita, que já conduziu duas avaliações no GCC e provavelmente viabiliará outras na entidade.
De acordo com os trâmites, após a seleção no Guaxupé Country Club, o Palmeiras entrará em contato com os familiares dos jogadores aprovados. A partir daí, eles serão levados ao Centro de Treinamento, na capital paulista, para dar sequência à fase de testes: "O garoto, sendo selecionado, é recrutado para o CT do Palmeiras, onde o técnico da categoria dirá se o garoto vai ou não fazer parte das categorias de base do Palmeiras", complementou o observador Jorge.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]