3096
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 24/01/2019 14:56

Guaxupeana "empresta as pernas" para atleta especial participar da São Silvestre

Anne, do grupo Regina Lima Running, experimentou o sabor da caridade e fez a alegria de portador de necessidades especiais durante a Corrida Internacional de São Silvestre, realizada em dezembro último, na cidade de São Paulo
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Guaxupeana

A guaxupeana Anne Romeiro atuou como voluntária do projeto “Pernas de Aluguel” na 94ª Corrida Internacional de São Silvestre, realizada no último dia 31 de dezembro, no centro da cidade de São Paulo, com cerca de trinta mil pessoas inscritas. Já habituada a provas de média e longa distâncias, a atleta local desta vez experimentou uma experiência diferente, pois durante todo o percurso, conduziu a cadeira de um portador de necessidades especiais. Feito marcante em sua vida, Anne já se prepara para outros desafios, novamente da mesma forma, e incentiva colegas a fazerem o mesmo, em virtude dos benefícios múltiplos obtidos com a caridade em questão.

Anne, que integra o grupo “Regina Lima Running”, de Guaxupé, viajou para São Paulo com a delegação, mas no local, se dedicou exclusivamente ao “Pernas de Aluguel”, que ela conheceu há algum tempo e se apaixonou pela causa: “Que momento fantástico! Único da minha vida! A gente empresta as pernas e eles, que nos dão asas!”, comentou ela, com quem o JOGO SÉRIO falou sobre o feito. Durante todos os quinze quilômetros de prova, ela e outros voluntários proporcionaram diversão a um expressivo número de atletas especiais.

 

“Pernas de Aluguel”

Para se entender melhor, o programa “Pernas de Aluguel” nasceu com os propósitos de viabilizar diversão e alegria aos portadores de deficiências cognitivas e motora. Totalmente sem fins lucrativos, os responsáveis pela iniciativa participam de corridas em cidades dos estados de São Paulo e Minas Gerais, onde o público-alvo é inscrito nos eventos e, junto a isto, os voluntários cadastrados no site se encarregam de fazer a dupla com o cadeirante. Para se cadastrar, o interessado deve entrar no site, https://pernasdealuguel.com.br, fazer o seu cadastro e manter contato com a ONG, que divulga a realização das provas e os detalhes. “É uma experiência incrível! No meu caso, tratou-se de uma pessoa desconhecida, mas ao mesmo tempo tínhamos uma ligação enorme. Meu novo amigo, Zé Pedro, que 2018 deixou para dar no finalzinho dos 45 minutos do segundo tempo. Só tenho gratidão por ele ter me deixado conduzi-lo na prova. Não sei se correspondi, mas fiz o possível pra lhe proporcionar, com minhas pernas, a melhor sensação da corrida de Rua! Essa São Silvestre foi nossa, mas a medalha é toda dele, por ser um sobrevivente guerreiro, que luta cada dia uma batalha e, aos poucos, vai vencendo a guerra”, concluiu Anne, que deixou seu contato para eventuais interessados em participarem do “Pernas de Aluguel” (9-8849-1337).

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]