2586
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 27/05/2016 15:23

Atletas do Exército do Bem participam de avaliação de Kung Fu

As atividades, que são gratuitas, ocorrem às segundas e quartas-feiras, com condução da Equipe Garra do Tigre
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

A oficina de Kung Fu do Exército do Bem promoveu, nesta noite de quinta-feira, 26 de maio, uma apresentação especial, onde alunos da Academia Garra do Tigre, integrada à “ONG do Peixão”, foram submetidos a inspeções, aos olhares do mestre de artes marciais Cleber Vicente Torres, e do professor Luciano José de Lima (este último, diga-se de passagem, é amigo antigo de Marcelo Souza Andrade – Peixão, sendo muito bem vindo sempre ao ‘Exército’).

A aula especial foi composta por apresentações avaliativas, a respeito de várias técnicas, golpes e manuseio de instrumentos, em geral. Durante cerca de duas horas, alunos e instrutores difundiram o melhor da referida arte marcial: “Com o Kung Fu, o praticante adquire condições físicas maravilhosas, além de sua própria personalidade, que melhora muito. Ele tira a pessoas das drogas e trata-se, enfim, de uma arte que muito faz pelas pessoas. Sobre o ‘Exército do Bem’, o ‘Peixão’ está de parabéns e, por isto, estamos unidos com ele. Se cada bairro fizesse o que ele faz aqui, Guaxupé não estaria sofrendo tanto com a criminalidade”, disse Clebão, como é conhecido o atleta.

Entre os alunos, a alegria por participar das atividades foi plena: Bruna Eduardo de Lima, de 15 anos, foi uma das discípulas mais aplaudidas pelas performances: “A importância do Kung Fu é que você sai das ruas, pois vai à prática de um esporte e, dentro dele, aprende as técnicas e fica excelente. Sobre o projeto, onde a gente passa vê crianças usando drogas, mas se elas vierem para cá, estarão protegidas”, disse a jovem. “Gosto da ideologia do Kung Fu, que é uma arte milenar chinesa. Que a molecada e os adultos venham fazer algo aqui, no Exército do Bem, pois as atividades são muito boas”, complementou Gilson Roberto Ribeiro, de 39 anos, aluno do projeto, que vez em quanto ministra aulas de hip-hop com crianças e adolescentes.

Evidente feliz com a boa repercussão de sua oficina, o professor Luciano comentou: “Estamos integrando com o Exército do Bem, sendo que convido a todos para participarem, pois o Kung Fu trabalha a mente, o corpo e o espírito.Você aprende a valorizar mais as pessoas, controlar sua emoção e não praticar violência”, disse o instrutor. Realizadas gratuitamente, as aulas de Kung Fu do Exército do Bem ocorrem às segundas e quartas-feiras, das 20h30 às 21h30, na sede da entidade (quadra poliesportiva anexa à Escola Municipal Dr. Carlos Souza Ribeiro, entre o Catetos e o Jardim Recreio). 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / ojogoserio[email protected]