3784
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 16/02/2017 07:47

Comerciantes terão que informar destinação correta do óleo para renovar alvará

Lei criada em 2015 visa minimizar impactos ambientais em Guaxupé
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Comerciantes terão que informar destinação correta do óleo para renovar alvará

A Prefeitura de Guaxupé, através da Vigilância Sanitária e Divisão de Meio Ambiente, passou a orientar os proprietários de estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços que utilizam óleos e gorduras de origem animal ou vegetal quanto ao descarte adequado do resíduo. Somente aqueles que fizerem o descarte de forma correta, através de Certificado de Coleta, conseguirão renovar o alvará do estabelecimento. A medida tem sido aprovada pela população, uma vez que minimiza consideravelmente os impactos ao meio ambiente.

A Lei Municipal nº 2.342 está em vigor desde julho de 2015. Até então, a Vigilância Sanitária estava fazendo um trabalho de orientação aos estabelecimentos comerciais: “Desde que a Lei entrou em vigor, passamos a orientar os proprietários dos estabelecimentos. Primeiramente quanto aos danos que o descarte incorreto do óleo e gordura trazem ao meio ambiente e depois apresentamos a forma mais simples, prática e fácil que é através de um coletor credenciado no Município”, explicou Marcelo Pedroza da Vigilância Sanitária.

Para a diretora de Meio Ambiente, Rafaela Soares, o importante não é impedir a liberação de alvarás, mas sim, conscientizar o proprietário e responsável pelo estabelecimento, que a destinação correta do óleo e gordura traz inúmeros benefícios a ele e a população como um todo: “Quando alguém descarta o óleo de forma incorreta, o dano ao meio ambiente é grande. Por isso, acredito que mais do que se preocupar com a não liberação do alvará, caso a pessoa não cumpra a lei, é imaginar as consequências que esse descarte incorreto trazem a ela, a família dela e a uma população inteira”, ressaltou.

 

Certificado de Coleta é obrigatório

Em Guaxupé, a única coletora autorizada e reconhecida pela Prefeitura é a Associação Anjos dos Rios – Preservação Ambiental localizada no Polo Industrial. O Certificado de Coleta, obrigatório para a renovação do alvará, só é emitido por esta Associação que há alguns anos vem trabalhando na preservação do meio ambiente. “Fazemos o cadastro do estabelecimento comercial ou industrial e periodicamente passamos para coletar o óleo ou gordura. Temos o compromisso como contrapartida de realizar o plantio de árvores, ou seja, além de coletarmos o óleo, evitando que ele seja despejado em locais impróprios, ainda fazemos o plantio de árvores em várias regiões do município”, explica o presidente da Associação, Domingos Augusto Beltrão. Segundo ele, o plantio já foi realizado no Polo da Moda, área do futuro Terminal Urbano, Parque Municipal da Mogiana, captação de água próxima ao trevo do Japy, entre outros locais. “Para dar a destinação correta do óleo ou gordura é simples”, disse Domingos. A Associação disponibiliza também o recipiente para que o comerciante possa armazenar o produto até que possa ser devidamente recolhido. Para mais informações ou cadastro do estabelecimento para a coleta de óleo, basta entrar em contato com a Associação Anjos do Rio pelo telefone 3551-3407.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]