16268
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 22/05/2020 08:48

Fiscais da Prefeitura flagram homem em pleno descarte ilegal de resíduos

O fato ocorreu, segundo consta, pouco após um trabalho árduo de limpeza da Avenida Pedro Nicola, realizado justamente pelo poder público municipal
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Fiscais da Prefeitura flagram homem em pleno descarte ilegal de resíduos

Nesta quarta-feira, dia 20, por volta das 16 horas, a equipe de fiscalização da Prefeitura flagrou um homem fazendo o descarte ilegal de resíduos de material de construção em um terreno particular na Avenida Pedro Nicola. Tudo isso aconteceu em menos de 48 horas após servidores da Secretaria Municipal de Obras concluirem uma limpeza considerada pesada na avenida que liga o bairro Recanto dos Pássaros até o Jardim Alvorada. Além deste local, a Prefeitura fez a limpeza da estrada vicinal que liga o Cemitério Alto da Colina ao bairro Vale da Mata (Nova Floresta) e também o entorno do aeroporto, estrada que liga o Portal dos Nobres à Fazenda Santa Olímpia.
De acordo com a diretora de Meio Ambiente, Rafaela Soares, esse tipo de descarte é considerado crime ambiental: “Além do auto de infração da Polícia do Meio Ambiente, ainda é gerada uma multa, com base na Unidade Fiscal do Município e o infrator pode responder por crime ambiental, administrativamente, junto ao Estado, ou criminalmente, perante o Ministério Público”, explicou.
Para o prefeito Jarbinhas, o descarte ilegal de materiais, seja ele em grande ou pequeno volume em terrenos na cidade, bem como às margens das estradas rurais, é uma falta de respeito seja com o Meio Ambiente, quanto ao dinheiro público, investido para a limpeza destas áreas, bem como dos servidores que trabalham arduamente para manter a limpeza das vias públicas: “Sempre buscamos manter as ruas e as margens das estradas limpas. Temos uma equipe dedicada para isso. Sabemos que, primeiro, a ação de limpeza é contribuir diretamente com o meio ambiente. Além do que, evitamos transtornos como, por exemplo, o surgimento de animais como ratos, escorpiões, o mosquito da dengue, entre outros. Mas, não adianta somente a Prefeitura fazer a limpeza. Tem que haver a conscientização e a colaboração da população em não fazer o descarte ilegal, seja de um pneu velho ou um caminhão lotado de restos de material de construção”, disse.

Fiscalização será intensificada
O prefeito, no início da noite de quarta-feira (20), reuniu-se com a equipe do Obras e Meio Ambiente e determinou que seja intensificada a fiscalização para que outras pessoas sejam punidas pelos danos ambientais.

População poderá ajudar nas denúncias
Um outro meio para inibir o descarte ilegal de materiais em vias públicas e terrenos é a denúncia da própria população: “Algumas pessoas já contribuíram com nosso serviço fazendo a denúncia e muitos apresentando até mesmo fotos dos veículos fazendo o descarte. É isso que precisamos. A Secretaria de Desenvolvimento e Meio Ambiente está pronta para receber as denúncias que devem conter pelo menos a placa do veículo que fez o descarte ou o nome da pessoa, para facilitar na identificação do infrator”, disse Rafaela. - Disque denúncia: 3551-8007 ou 3559-1088. (Texto e fotos: Ass. Com. Pref. GPE)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.