3047
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 20/12/2015 14:55

Sem energia elétrica há 16 horas, fazenda com piscicultura está sendo prejudicada

Aeradores estão parados desde ontem e peixes já começam a morrer por falta de oxigênio
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Sem energia elétrica há 16 horas, fazenda com piscicultura está sendo prejudicada

Proprietários da Fazenda Santo Antônio das Pitangueiras, na zona rural de Guaxupé, estão revoltados com a suspensão de energia elétrica, sem aviso prévio, ocorrido a partir da noite deste sábado, 19 de dezembro, às 22h08, cujo restabelecimento, apesar dos prejuízos e transtornos, ainda não ocorreu (esta matéria foi confeccionada às 14h45 deste domingo, 20 de dezembro). Dedicados à piscicultura, os donos do local já contabilizam os prejuízos, ao mesmo tempo em que tentam salvar os produtos de freezers e os aeradores que mantém a criação de peixes.

"Estamos transtornados, pois os aeradores estão parados, uma vez que são movidos a energia elétrica. Sendo assim, falta oxigênio na água, considerando-se o fato de que nesta época do ano a água está muito barrenta, devido às chuvas. Então, os peixes estão morrendo, os produtos de freezer perdendo a validade e tudo o que temos em nossa casa, também movido à eletricidade, inutilizado! Depois de tentar diálogo com a CEMIG, eu pergunto, a quem recorrer?", desabafou Ceres Almeida Magalhães, dona da Fazenda, onde ela e o esposo Miguel residem e mantêm negócios profissionais.

Há pouco, quando o JOGO SÉRIO falou com o casal, eles dirigiram-se à cidade, a fim de adquirir gelo para salvar os produtos. Já com relação ao oxigênio do açude, o problema está bem mais grave: "Cada uma de nossas gaiolas comporta 1.000 peixes! De três unidades, faço um kilo de filé limpo, o qual vendo a R$ 30,00. No freezer, só hoje, tenho250Kg em estoque para o final do ano. Então, quem me ressarcirá se houve o prejuízo que estamos calculando?", indignou-se a empresária, que dirige, ainda, a Vigilante Segurança Monitorada.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]