9599
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 08/07/2017 15:20

Bombeiros resgatam animal preso em tubulação do "Portal", com quase dez metros de profundidade

O sargento Fernandes e o soldado Hallal providenciaram o socorro ao animal, que foi encontrado em condições lamentáveis, no fundo de um buraco, no Portal dos Nobres, em Guaxupé
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Bombeiros militares resgataram um cão preso em tubulação pluvial subterrânea do Portal dos Nobres, na cidade de Guaxupé, nesta quinta-feira, 6 de julho. Acionados por moradores que depararam com o cárcere do animal e, indignados, procuraram socorro, os especialistas salvaram a vítima, que já foi encaminhada à doação. Apesar de muito triste, dado ao sofrimento do canino, que passou horas a fio em apuros, o episódio terminou com final feliz.

O cachorro foi encontrado primeiramente à noite, pela moradora Luíza Mesquita, a qual vasculhava os fundos do residencial, acompanhada do esposo, Edi, e do filho Lucas. Vítimas de furto residencial, os três procuravam por vestígios, a fim de reaver seus pertences levados. Na diligência, o menino deparou com uma manilha na vertical, destampada, tendo ele aproximado-se e, com a lanterna, percebido o animal a cerca de 7,5 metros abaixo da terra. Apesar de estranhar a situação, o jovem achou que o cachorro tinha outra saída.

Porém, no dia seguinte, mãe e filho retornaram ao local e depararam com o bicho ainda preso, uivando: “Achamos que ele sairia por outro local. Mas, quando percebemos que não tinha como sair, acionamos os bombeiros, pois ficamos com dó”, comentou Luíza, que ligou no Quartel, tendo os profissionais comparecido ao local, constatado o aprisionamento e prestado o socorro. Focados, o sargento Fernandes e o soldado Hallal utilizaram seus aparatos e conhecimentos  técnicos para retirar o cão (mestiço de pastor alemão) do fundo sem que a ação pudesse oferecer riscos ao animal.

Após o salvamento, os cidadãos apiedados com as condições em que encontraram o cão, comemoraram: “Eu tenho animal em casa... são dois cachorros, dois gatos, pois gosto muito de animal. Na hora em que vi o cachorro preso, fiquei com muita dó e pensei que havia escapatória. Mas, durante o dia, quando o vi lá, senti muita tristeza, enchi o saco de minha mãe para ligar nos bombeiros e conseguimos, ao final”, ressaltou Lucas. “E fica a lição para as pessoas não maltratarem os animais. Que, pelo menos, não joguem num buraco daquele, pois o cachorro morreria ali”, complementou Luíza.

Também o sargento Fernandes enfatizou: “O sentimento é de muita satisfação e dever cumprido. Graças a Deus, a gente logrou êxito em mais esta missão... o cachorro está salvo e, agora, vamos encaminhá-lo a um veterinário para analisar o estado de saúde dele e, posteriormente, para doação. Pela situação que se encontrava, é bem provável que alguém deva tê-lo jogado num local de difícil acesso, mas graças a Deus o pessoal comunicou-se de que ele estava preso e conseguimos resgatá-los com vida. Deus nos deu esta missão e vamos cumpri-la até o fim da carreira, resgatando a quantidade de vidas que forem possíveis”, finalizou o sargento”, concluiu o militar. 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.