1100
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 14/07/2017 19:53

Ladrões estouram vitrine, invadem loja e subtraem produtos da Lu Perfumaria

Ação foi toda registrada por câmeras de segurança e autoridades investigam o caso
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Dois homens ainda não identificados estouraram a vitrine da Lu Perfumaria, que fica em plena Avenida Conde Ribeiro do Valle, na área central de Guaxupé, nesta madrugada de sexta-feira, 14 de julho. O crime, que resultou em grande prejuízo econômico para a direção do estabelecimento, estampou a ousadia dos bandidos, haja vista que toda a ação foi registrada pelas câmeras de segurança do local. Os criminosos aproximaram-se da loja numa motocicleta de porte médio para grande, tendo o garupa descido, aplicado um golpe com marreta no vidro de entrada e ambos iniciado os saques, prateleiras adentro. De acordo com a gerência do estabelecimento, foram subtraídos perfumes importados e semijoias, tendo o valor não sido oficialmente divulgado. A invasão, além de ter sido registrada pelo monitoramento, foi percebida por empresa de segurança, tendo equipes deslocado-se para a loja, onde também compareceram policiais militares. No entanto, a dupla de ladrões não foi alcançada, sendo que as autoridades chegaram a rastrear as imediações, em busca de pistas, mas não conseguiram deparar com nada substancial. O fato, que foi registrado pela PM, está sendo investigado pela Polícia Civil. Nesta tarde de sexta-feira, o Jornal JOGO SÉRIO falou com a empresária Lucimara Aparecida de Carvalho Arantes, a qual manteve-se em atividades, apesar do susto. “É muito triste. A gente fica sem chão. A sensação de impotência... parece que todos os dias, quem trabalha, tem menos direito, menos voz. A gente só não pensa na adesão porque acredita numa Lei Superior, que não é daqui. Pois não está fácil. A gente não sabe mais como reagir... você passa o tempo todo com medo, pois nunca sabe ‘a hora’”, lamentou Lu, como é conhecida. Somente nesta semana, a Lu Perfumaria foi alvo de criminosos duas vezes, tendo há poucos dias o estabelecimento sido vítima de um estelionatário, o qual está sendo procurado pela polícia: “Não adianta chorar o leite derramado. O que falo, com muita segurança, é que me recupero em pouco tempo. Ele, eu já não sei. Então, eu prefiro ser eu do que ele. Hoje, quando cheguei, a primeira coisa que disse a meu pessoal foi: ‘Graças a Deus! Ele é o ladrão e não é meu filho! Eu prefiro ser a que está sendo roubada do que ser a mãe dele’”, finalizou a empresária, em tom evidente de um desabafo.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]