117
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/07/2017 17:44

Alfenas: Polícia Civil prende suspeitos de estupro de vulnerável em Goiás

registro da ocorrência foi feito em 6 de abril deste ano, após a adolescente dar entrada em um hospital de Alfenas, no dia anterior, em decorrência de lesões sofridas devido a uma queda de cavalo
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Alfenas: Polícia Civil prende suspeitos de estupro de vulnerável em Goiás

Após intenso trabalho investigativo, policiais civis que atuam em Alfenas, Sul do estado, deram cumprimento a mandados de prisão preventiva em desfavor de Ary de Oliveira Prado Neto, 40 anos, e Fábio Fernandes dos Santos, 33, suspeitos de estupro de vulnerável. Investigados em casos distintos, os dois homens foram localizados pela equipe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Goiás, no último fim de semana, respectivamente, nos municípios de Nova Crixás e Jataí, distância aproximada de 600 quilômetros de uma cidade a outra.

A prisão de Ary Neto foi realizada no domingo (17), na fazenda em que estava trabalhando, na zona rural de Nova Crixás. De acordo com a delegada Renata Rezende, o suspeito estava foragido desde que foi denunciado por abuso sexual da enteada de 12 anos. O registro da ocorrência foi feito em 6 de abril deste ano, após a adolescente dar entrada em um hospital de Alfenas, no dia anterior, em decorrência de lesões sofridas devido a uma queda de cavalo. “Na unidade, a vítima relatou a uma profissional que, desde os 5 anos, sofria com as violências sexual e física do padrasto”, conta a delegada.

Segundo Renata Rezende, tão logo a PCMG recebeu a denúncia dos fatos, teve início a investigação, e foi solicitada à Justiça a prisão preventiva do suspeito. Ela pontua que foi realizado trabalho de campo e utilizadas ferramentas de inteligência para a localização do investigado. A delegada acrescenta que a adolescente passou por exame de corpo de delito, sendo constatada a violência sexual. “A prisão de Ary é muito significativa, pois, até então, a vítima tinha medo dele”, observa. 

Ao saber da situação da neta, o avô paterno foi cobrar explicações do padrasto, e Ary o agrediu com a ajuda de um filho adolescente. O fato ocorreu enquanto a menina ainda estava no hospital. Paralelamente, foi aberto um inquérito policial referente à lesão corporal. “Até hoje, o avô apresenta sequelas graves provenientes da agressão”, assinala a delegada.

Agência de modelos

Também foi preso pela equipe da PCMG, no estado de Goiás, Fábio Fernandes dos Santos, 33 anos, na última sexta-feira (14). Ele é acusado de manter uma suposta agência de modelos na cidade de Alfenas, em que prometia vantagens de contratação em troca de favores sexuais. Entre as agenciadas, estava uma adolescente de 14 anos, motivo pelo qual o homem responde por estupro de vulnerável. Ele foi localizado pelos policiais civis na casa de familiares de uma das garotas, no município de Jataí (GO).

De acordo com a delegada Renata Rezende, a denúncia de exploração sexual no estabelecimento de Fábio já era investigada pela Polícia Civil. No dia 30 de abril, após visita do Conselho Tutelar ao local, o suspeito evadiu. Desde então, os policiais civis não cessaram as buscas. Na diligência do cumprimento do mandado de prisão, a equipe da PCMG contou com o apoio da Polícia Civil de Goiás.

Os policiais civis de Minas Gerais percorreram mais de três mil quilômetros para o cumprimento dos mandados de prisão e retorno com os investigados. Os dois suspeitos já estão em Alfenas. Eles serão encaminhados ao sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]