3661
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 06/10/2017 11:51

Produto encontrado pela PM de Guaxupé está entre os itens furtados em oito chácaras do "Paraíso do Sol"

Bomba de piscina já foi reconhecida por morador; menor terá que explicar como o produto foi encontrado em sua casa, no Rancho Alegre
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Produto encontrado pela PM de Guaxupé está entre os itens furtados em oito chácaras do

Uma bomba de realizar limpeza e filtrar água de piscina, encontrada pela Polícia Militar em residência do Jardim Rancho Alegre, na cidade de Guaxupé, nesta manhã de sexta-feira, 6 de outubro, pode ser a “chave” para elucidar furtos ocorridos em oito chácaras do loteamento rural “Paraíso do Sol”. O crime, segundo consta, ocorreu nesta quinta, dia 5, tendo os autores levado o que puderam e deixado um rastro de destruição nas casas invadidas. O produto, localizado pelas autoridades, já foi inclusive reconhecido por um casal de proprietários de imóvel no local.

A bomba estava no quintal de uma casa na Rua Francisco da Silva Caixeta, no “Rancho”. Lá, a PM cumpriu mandado judicial, tendo o equipamento levantado suspeita, haja vista que o morador, um adolescente de 16 anos, afirmou ter encontrado os materiais no mato. Além da máquina, a polícia achou ainda com o jovem um stand alone, usado para capturar imagens de câmeras de segurança, tendo os itens e o menor sido levados à 79ª Cia. Especial PM/MG.

No Quartel da PM, onde proprietários das chácaras roubadas estão sendo chamados, já foi identificada a bomba: “É nossa sim e o que nos deixa mais triste é que os autores adentraram a casa, arrebentaram o que puderam para retirar os materiais. E olha que sofremos para comprar, pagar tudo parceladinho e, agora, nem dá para usar de novo. A gente fica feliz com a polícia, pela eficiência, mas muito triste com a situação de nossa segurança pública”, desabafou um dos moradores, que já pensa em vender a chácara para evitar problemas futuros.

De acordo com a Polícia Militar, o adolescente (que está sendo acompanhado pela mãe e um advogado) terá que explicar como o produto de furto estava em sua casa. O caso, agora, será transmitido à Polícia Judiciária, que investigará a série de furtos no “Paraíso do Sol”. O local, vale lembrar, conta com várias casas, mas ainda carece do benefício da energia elétrica. Isto impede que os donos dos imóveis possam se instalar no local, que passa a ser alvo de ataques de ladrões.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]