114
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 07/10/2018 10:58

Homem é executado dentro de sua própria casa em suposto latrocínio

A polícia investiga o caso e câmeras de segurança poderão auxiliar nas identificações dos autores
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Homem é executado dentro de sua própria casa em suposto latrocínio

Um homem de 41 anos foi executado à bala em sua própria residência, na Rua Jesuíno Costa Monteiro, que fica no Parque das Orquídeas, em Guaxupé. O crime, supostamente praticado por quatro homens ainda não identificados, ocorreu no início desta manhã de domingo, 7 de outubro. A vítima, Roberto Carlos de Oliveira, era auxiliar de construção civil e pessoa apontada como exemplar, no campo da integridade sociomoral. As polícias Civil e Militar trabalham no caso, com o objetivo de desvendar a motivação e prender os responsáveis pelo mal feito.

Roberto foi morto por volta das 6 horas. De acordo com seu pai, um homem já bem idoso, ele e o filho dormiam em casa, quando um grupo de homens armados, encapuzados, invadiram a residência, tendo sido recebidos pelo servente de pedreiro, o qual foi baleado por três vezes, tendo um projétil atingido suas contas, na região lombar, do lado esquerdo (os demais alcançaram as paredes da casa). Socorrido inicialmente pelo genitor, o rapaz não resistiu à gravidade e foi a óbito, apesar de ter dado entrada ao Hospital (equipes de socorristas e policiais civis e militares atuaram na ocorrência).

Para as autoridades, Roberto foi vítima de latrocínio, haja vista que supostamente o bando teria o matado com o objetivo de roubar-lhe uma eventual quantia, que ele havia recebido. Esta informação, contudo, não foi ainda confirmada, haja vista que a polícia, por enquanto, levanta informações, com vistas à elucidação do crime (não ficou, também, apurado se os criminosos levaram ou não alguma coisa do local). Nas diligências, investigadores da 18ª Delegacia Regional de Segurança Pública, num trabalho conjunto com a 79ª Cia. PM/MG, já colheram imagens de câmeras de segurança, próximas ao local dos fatos, o que poderá mostrar quem praticou o delito.

Extremamente chocante, o caso em questão mexeu com a vizinhança, que tinha na figura de Roberto um homem trabalhador, pacato, sem qualquer envolvimento com delitos. Segundo consta, o rapaz morava com o pai, na casa onde foi morto. Ainda com relação à tragédia, moradores relataram, informalmente, terem ouvido os estampidos dos disparos das armas de fogo dos bandidos. O corpo de Roberto já foi retirado do local para a necropsia, que está marcada para às 13 horas deste domingo. – VEJA, LOGO MAIS, outras informações sobre o assassinato que modificou a calmaria do domingo em Guaxupé.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]