1518
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 30/10/2018 13:17

PM de Guaxupé captura suspeitos de crime após intensa caçada, tiroteio e muita ação

Autores, veículo e produtos foram recolhidos; suspeita é de que abordados praticaram algum crime na cidade
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis PM de Guaxupé captura suspeitos de crime após intensa caçada, tiroteio e muita ação

A Polícia Militar prendeu, entre o final da noite desta segunda-feira, 29 de outubro, e o início da madrugada de terça, 30, dois homens adultos, do Estado de São Paulo, que supostamente cometeriam crime em Guaxupé. Ocupantes de um Fiat Uno prata, de Jaguariúna, no interior paulista, os rapazes desobedeceram à ordem de parada ainda na rodovia, tendo sido perseguidos na zona urbana e capturados após muito trabalho. Além da direção perigosa, a dupla portava revólver, drogas, dinheiro, roupas de grife e outros objetos de origem estranha.

A PM, que patrulhava o Pólo Industrial, percebeu a aproximação do veículo, da BR 491, sentido Guaranésia, com destino a Guaxupé, quando tentou interceptá-lo, com o objetivo de proceder uma blitz preventiva. Porém, o condutor recursou-se parar e iniciou uma fuga, na direção do Parque dos Municípios. Perseguidos, eles mantiveram a evasão, tendo passado por vários bairros da cidade, onde o passageiro, a todo momento, ameaçava a polícia com uma arma de fogo e, sendo assim, recebia resposta à altura, tendo inclusive a ocorrência chamado a atenção de populares, em virtude do barulho de sirenes e disparos de tiros.

A caçada, segundo consta, somente foi encerrada após os suspeitos terem batido com o Uno num muro de residência da Vila Magalhães, próximo ao Terminal Rodoviário Guaxupé. Detidos em flagrante, os dois foram identificados como sendo M. H. R. S., de 33 anos, morador de São José do Rio Pardo, e C. C. V., de 24 anos, natural de Tapiratiba. Com eles, foram encontrados, além do revólver (calibre 38, cano longo), certa quantidade de maconha, cocaína, várias peças de roupas ainda não usadas (inclusive com etiquetas de estabelecimentos comerciais), e uma quantia em dinheiro (valor ainda não revelado). Todos os produtos, diga-se de passagem, foram recolhidos para anexar ao inquérito criminal, que já foi aberto pela Polícia Civil. Agora, a polícia investigará se os autores pretendiam realizar algum crime na cidade.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]