462
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/02/2019 09:47

Mulher é presa após tentativa de homicídio contra o próprio marido

Regina teria ateado fogo no corpo do esposo enquanto ele dormia, na casa onde moram, na Vila Isabel, em Guaxupé
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Mulher é presa após tentativa de homicídio contra o próprio marido

Uma mulher de 50 anos, identificada como sendo a cozinheira Regina, moradora da Vila Isabel, na cidade de Guaxupé, foi detida em flagrante nesta noite de domingo, 17 de fevereiro, por tentativa de homicídio contra o próprio companheiro, Cláudio, de 45 anos, eletricista desempregado que encontra-se internado, em estado grave, na Santa Casa de Guaxupé, com 70% do corpo queimado. A ocorrência, registrada pela Polícia Militar, aconteceu na casa onde eles viviam juntos, tendo o fato agora sido encaminhado à Polícia Judiciária, para fins de inquérito criminal.

Regina, que teria se desentendido com o esposo pouco antes, chegou em casa, do trabalho, e encontrou o rapaz dormindo, quando jogou-lhe álcool e ateou fogo em seguida. Apesar dos ferimentos, a vítima gritou por socorro, quando vizinhos acionaram a PM, uma viatura deslocou-se até a Rua Maestro Sudário Vieira Couto, onde constatou o fato. Especialistas do 4º Pelotão do Corpo de Bombeiros foram acionados e prestaram os primeiros socorros a Cláudio, que foi conduzido ao Pronto Socorro, onde recebeu atendimento e permanece em estado grave de saúde.

A autora, que tem cinco filhos com o rapaz (eles viviam juntos há mais de vinte anos), foi detida em flagrante e conduzida à 79ª Cia. PM/MG, para registro de boletim de ocorrência. Em seguida, ela foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil para, depois, ser recolhida ao Presídio Guaranésia/Guaxupé. Muito conhecida na cidade, Regina teria informado à polícia um suposto desentendimento com Cláudio, tendo ela, inclusive, solicitado que ele fosse embora (os motivos ainda não foram revelados à imprensa). Ao chegar em casa e perceber a presença dele, a mulher alega ter perdido a cabeça e reagido da forma com que tudo se deu, apesar de seu histórico dar conta de uma mulher trabalhadeira e boa mãe de família. O crime, agora, será levado ao Ministério Público, que oferecerá denúncia e o Poder Judiciário julgará o caso.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]