2220
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 27/09/2019 08:02

Guaxupeano é vítima de falso bancário que trocou seu cartão para estelionato

O caso aconteceu na Avenida Dr. João Carlos, na área central de Guaxupé
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Guaxupeano é vítima de falso bancário que trocou seu cartão para estelionato

O guaxupeano J. R. S., de 74 anos, foi enganado possivelmente por estelionatários atuantes nas proximidades de agências bancárias em Guaxupé. O golpe, aplicado na manhã desta quinta-feira, 26 de setembro, pode também ter lesado outras pessoas na cidade. Denunciada às autoridades, a ação delituosa já está sendo apurada, com vistas às prisões dos envolvidos.
O aposentado havia saído da CAIXA, na Avenida Dr. João Carlos, e se preparava para chegar aos Correios, também naquela via. Porém, um rapaz, com características de andarilho, o chamou, sob a alegação de que "funcionário do banco onde ele esteve pedira para retornar à agência". Apesar de estranhar o fato, o correntista atendeu ao pedido e começou a caminhar na direção do banco.
Antes de chegar à CEF, porém, J. R. foi abordado por outro rapaz, moreno claro, de 1m70, aproximadamente, trajado formalmente, e com suposto crachá da Caixa. O cidadão, segundo consta, informou que J. havia se esquecido de trocar o cartão magnético, tendo então o aposentado lhe entregado o "antigo" e recebido outro do eventual bancário. Após o feito, se despediram e cada um seguiu seu caminho.
Já mais tarde, por volta das 17h, J. R. retornou ao banco para efetuar uma transação, quando percebeu que o cartão entregue a ele de manhã não era seu (estava, inclusive, em nome de outra pessoa, o que impossibilitou qualquer acesso à conta). Surpreso, o aposentado comunicou o fato a um funcionário da CAIXA, quando foi constatado o golpe.
Ainda numa varredura na conta de J., a gerência do banco constatou duas movimentações, nos valores de R$ 1.340,00 e R$ 1.500,00. A vítima, sob orientação, registrou boletim de ocorrência na 79ª Cia. PM/MG e o caso agora será investigado pela Polícia Judiciária, com o objetivo de prender aos responsáveis pelo delito em questão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]