2316
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 08/10/2019 08:18

Quadrilha rende moradores e assalta mais um sítio em Monte Santo

Desta vez, a PM conseguiu seguir os rastros dos bandidos e achou produtos subtraídos de instâncias rurais nos últimos dias. Um homem, já identificado, está sendo procurado como suspeito de assaltos naquele município
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Quadrilha rende moradores e assalta mais um sítio em Monte Santo

Bandidos armados com revólveres tomaram de assalto uma residência localizada na zona rural de Monte Santo de Minas, nesta noite de domingo, 6 de outubro. Além de prejuízo financeiro, os autores protagonizaram violência contra as vítimas e alarmaram ainda mais aos moradores de instâncias naquele município, onde crimes deste natureza têm se repetido semanalmente. - Desta vez, porém, as autoridades conseguiram êxito em localizar parte dos produtos subtraídos e também identificaram um suspeito dos cirmes praticados naquelas proximidades.
O assalto aconteceu no Sítio Cunhas, onde a idosa D. D. C., de 74 anos, e seu filho adulto, V. D. C., de 51 anos, foram surpreendidos por cinco bandidos. Rendidos dentro da própria moradia, mãe e filho foram ameaçados de morte o tempo todo, enquanto os assaltantes se organizaram para levar maquinários agrícolas e vasculharam o imóvel em busca de valores, tendo o incômodo durado cerca de uma hora e meia. Na ocasião, foram roubados, do interior da residência, R$ 633,00 em dinheiro, um telefone celular LG, uma motosserra Sthil e documentos pessoais do morador.
Já na parte externa da casa a quadrilha localizou um trator Jhon Deer 75, com grade aradora, tendo o maquinário também sido levado por parte do bando. O restante fugiu numa Fiat Strada, de propriedade das vítimas, tendo ainda mãe e filho sido colocados na caçamba do veículo, numa situação de maus tratos, haja vista a idade avançada da dona do local. Os dois, diga-se de passagem, foram libertados em zona rural do município de Itamogi, onde conseguiram acionar a Polícia Militar.

PM e perícia da PC trabalham com inteligência
Após socorrerem as vítimas, militares de diferentes cidades próximas ao local dos fatos iniciaram seus trabalhos, com vistas à captura dos autores. Junto a isto, a perícia técnica da Polícia Civil também compareceu, a fim de colher pistas que pudessem levar até os responsáveis pelo delito.
Num trabalho rápido e eficiente, policiais seguiram as marcas de pneus do trator e da Fiat Strada levados, por cerca de quarenta quilômetros, via estradas vicinais, tendo chegado à BR 491, mais precisamente no local conhecido como "Fazenda Terras de Marinheiro", em solo montessantense. Pouco adiante, em vegetação fechada, a polícia encontrou a grade aradora roubada, assim como o trator e uma carteira pessoal, em nome de E. I. P., que é morador daquelas proximidades.
Nas diligências, as autoridades chegaram até a casa de E. I., mas o rapaz havia deixado o local num automóvel VW Gol, chumbo. Por lá, a polícia achou ainda uma máquina roçadeira marca Shindaiwa e uma caixa de ferramentas, o que intensificou a suspeita contra o rapaz. Ainda na apuração dos fatos, a PM descobriu que E. I. havia deixado o Gol com um colega e solicitado dele o empréstimo de um Fiat Pálio, com o qual informou ter o objetivo de ir até Guaxupé, com urgência.
A polícia ainda conseguiu encontrar, nas proximidades da instância Cachoeirinhas, a Fiat Strada roubada no Sítio Cunhas. O veículo, após periciado, foi entregue aos proprietários, que passam bem, apesar do susto. A Polícia Judiciária, agora, tentará encontrar E. I., a fim de explicar o motivo pelo qual foram achados produtos de furto e roubo em sua propriedade. Vale lembrar que nos últimos dias o Jornal JOGO SÉRIO divulgou assaltos e furtos na zona rural de Monte Santo de Minas. Os trabalhos policiais continuam, com o objetivo de desbaratar a quadrilha e dar mais tranquilidade às pessoas de bem.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]