2220
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 08/10/2019 09:10

PM localiza carro roubado, prende dois por receptação e frustra assalto a banco

As autoridades guaranesianas trabalharam com eficiência para evitar o que poderia ser um crime violento contra o BB
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis PM localiza carro roubado, prende dois por receptação e frustra assalto a banco

A Polícia Militar de Guaranésia frustrou um possível assalto programado para acontecer por estes dias, contra a agência do Banco do Brasil daquela cidade. O êxito foi constatado nesta segunda-feira, 7 de outubro, quando as autoridades localizaram o Chevrolet Cobalt 1.4 LTZ, ano 2013, de cor prata e placas de Nova Resende, o qual havia sido roubado há poucos dias. Escondido na Fazenda Perobas, em território guaranesiano, o automóvel seria usado por uma quadrilha de assaltantes a banco. Porém, a presteza da PM pode ter evitado o crime, sendo que pelo menos duas pessoas foram presas por receptação. Agora, as investigações se concentram nas capturas de B. W. S., de 19 anos, e B. M. B., da mesma idade (este último é foragido do Presídio Guaranésia/Guaxupé).
A PM localizou o Cobalt na Perobas após apurar denúncia anônima. No local, a moradora, J. F. F., de 23 anos, confessou ter guardado o veículo a pedido do cunhado, o lavrador R. S. S., de 21 anos, que na ocasião estava acompanhado por um amigo, F. S. D. V., de 18 anos (ela informou à polícia ter conhecimento de que se tratava de um "carro clonado", tendo sido então detida por receptação).
Nas diligências, patrulheiros localizaram R. S., o qual ratificou a história narrada pela cunhada J. F. Segundo ele, o carro foi-lhe mesmo entregue por F. S. e outro amigo, B. W. S., de 19 anos. A dupla teria dito ao lavrador que utilizariam o Cobalt para efetuar assalto contra o Banco do Brasil de Guaranésia. Mais do que isto, o crime contaria com a participação de B. M. B., de 19 anos, que está foragido do Presídio Guaranésia/Guaxupé desde 10 de agosto último (ele fugiu na companhia de outro detento, o qual já foi recapturado).
Enquadrados, a moradora da Perobas, J. F. F., e seu cunhado, R. S. S., foram conduzidos ao Quartel da Polícia Militar, onde figuraram boletim de ocorrência como autores de receptação. Depois, levados à Delegacia de Polícia Civil, a fim de prestarem depoimentos e serem conduzidos ao Presídio Guaranésia/Guaxupé. Agora, o caso está sendo transmitido à Polícia Judiciária, com vistas à investigação em torno das ações dos demais envolvidos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]