1180
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 06/10/2017 11:59

Deputado Emidinho Madeira vai até Brasília em defesa de Furnas

Segundo Emidinho, no mesmo dia foi realizada uma breve reunião com o deputado federal Rodrigo Pacheco, que também se comprometeu e entrar na briga
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Deputado Emidinho Madeira vai até Brasília em defesa de Furnas

"Não podemos mais conviver com tantas perdas para Minas Gerais. Como se não bastasse a venda, pelo Governo Federal, de 4 usinas da Cemig que estavam com as concessões vencidas, estamos agora diante de um situação que poderá acarretar um impacto extremamente negativo em nossa região com a privatização da Eletrobrás, onde Furnas está incluída. Quando foi construída a barragem de Furnas muitas famílias tiveram suas terras inundadas e os prejuízos foram enormes, tanto financeiro como psicológicos. Com o tempo as populações e os municípios afetados foram se adaptando e surgiram novas atividades como a produção de peixes nos tanques-rede, o turismo, as lavouras irrigadas. Agora estamos correndo um sério risco e o preço pode ser muito alto. O povo já chorou uma vez e isso não pode acontecer de novo”, disse o deputado Emidinho Madeira.

A reunião em Brasília aconteceu nesta quarta-feira (04-10) com a presença dos prefeitos de São José Barra, Serginho da Auto Escola, de Capitólio, Zé Eduardo que é presidente da Alago, de Piumhi, Deco do Stalo, que também é presidente da Ameg, o prefeito de Carmo do Rio Claro, Tião Nara, o presidente do Sidefurnas, Miguel Ângelo e deputados federais Renato Andrade, Luís Tibé e Fabinho Ramalho, que lidera a bancado dos deputados federais de Minas Gerais na Câmara Federal, além de representantes de sindicatos de outras usinas do sistema Eletrobras.

Segundo o deputado Emidinho Madeira, no mesmo dia foi realizada uma breve reunião com o deputado federal Rodrigo Pacheco, que também se comprometeu e entrar na briga e garantiu que irá levar essa importante demanda diretamente ao presidente da República.

 

Entenda um pouco sobre privatização da Eletrobras

O governo federal anunciou, em agosto, a privatização da Eletrobras. Hoje o governo tem cerca de 60% da estatal elétrica e a proposta é ficar com menos de 50% da empresa. O governo tem trabalhado para concluir a modelagem da privatização. Recentemente o ministro do Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, afirmou que a proposta deve ser encaminhada ao presidente Michel Temer ainda em outubro.
Segundo Pedrosa, todo o processo deve ser concluído até o início do próximo ano. Isso inclui a definição, com a Eletrobras, de como será feita a privatização.

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]