2305
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 21/11/2017 14:20

Câmara derruba veto da Prefeitura e Guaxupé terá seu "Conselho do Bem-Estar Animal"

Jorginho (2º, da esq. p/ a dir.), um dos autores da matéria, comemorou a vitória em plenário e destacou a importância de deliberar sobre a questão, uma vez que são muitas as ocorrências de animais soltos na cidade e rodovias
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Câmara derruba veto da Prefeitura e Guaxupé terá seu

A maioria dos vereadores de Guaxupé optou por derrubar o veto do governo municipal ao Projeto de Lei do Legislativo nº 31/2017, de autoria dos vereadores Jorge Batista Bento da Paz (Jorginho) e Ari cardoso, cujo objetivo é criar o “Conselho Municipal do Bem-Estar Animal”, com vistas a deliberações em casos de animais de pequenos, médios e grandes portes. Evidentemente felizes com a vitória em plenário, os parlamentares responsáveis pela iniciativa enfatizaram a importância da promulgação do tema, que auxiliará muito à população, hoje refém de ocorrências principalmente de animais soltos nas vias, abandonos e outros fatos pertinentes.

O veto foi apreciado na Câmara no último dia 13, durante a 18ª Sessão Ordinária, tendo a rejeição ao pedido do Executivo obtido oito votos e apenas cinco sido favoráveis à retirada do projeto. Com isto, a criação do “Conselho” deverá ser criado: “O texto aprovado prevê que todas as ações do Município, relacionadas à causa animal, deverão passar pelo Conselho, que será composto por, no mínimo, dez integrantes. Cada entidade de defesa animal existente no Município poderá indicar um representante para compor o Conselho”, explicou Jorginho, feliz com o resultado da votação.

Na opinião de Ari, que aguarda o presidente da Câmara, Danilo Martins de Oliveira, promulgar a matéria, a população será beneficiada com a nova lei: “Atualmente, os maiores problemas na área se devem ao abandono de cachorros pelas ruas da cidade, assim como de animais de grande porte, que causam acidentes nas rodovias”, comentou o vereador. “Outro problema é a falta de um maior apoio do Poder Público junto às entidades de defesa animal existentes no Município. Elas, agora, ganharão mais força com a instituição do Conselho”, complementou Jorginho. O projeto que cria o “Conselho Municipal do Bem-Estar Animal” já foi apreciado em primeira e segunda votações, com aprovação nos dois turnos. Porém, na Prefeitura, o tema foi vetado, tendo a Câmara insistido pela aprovação.

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]