79
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 29/03/2018 16:27

Jorginho sugere que prefeito processe o Estado em vez de apenas criticar o governador

O vereador oposicionista insinuou que o prefeito Jarbinhas esteja apenas "fazendo barulho"
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Jorginho sugere que prefeito processe o Estado em vez de apenas criticar o governador

O vereador Jorge Batista Bento da Paz fez uma dura crítica ao prefeito Jarbas Corrêa Filho nesta noite de segunda-feira, 26 de março. No conteúdo de suas palavras, ditas durante a 4ª Sessão da Câmara de Guaxupé, o parlamentar alegou concordar com Jarbinhas, que tem protestado veemente contra o governo do Estado, no que diz respeito à falta de repasse de recursos para os municípios. Por outro lado, o legislador criticou a forma com que o administrador tem se posicionado, com muito "barulho", mas sem efetividade, na opinião dele.
Jorginho usou o Grande Expediente para fazer seu pronunciamento: "A gente está vendo e é lastimável mesmo a falta de repasse, que é obrigação do Estado para com os Municípios e eu concordo com o Prefeito, pois foi citado inclusive que a Apae está sendo prejudicada com isto. O prefeito de São Pedro da União entrou na Justiça pedindo os repasses e o juiz deu liminar favorável. Por que o Jarbinhas não entra na Justiça? Ele faz um estardalhaço nas redes sociais, mas não entra na Justiça! Acho que ele tem que olhar mais para nossa cidade e não só ficar criticando o Estado. E o governo dele, como está? Vamos olhar para cá! A Saúde não está lá estas coisas... temos obras paradas, como o Terminal Urbano, que era uma prioridade do governo! Cadê a Guarda Municipal que aprovamos aqui?", indagou Jorginho.
Dedicado atualmente a revolver o problema do esgoto sanitário de Guaxupé, Jorginho disparou: "A gente não vê políticas de impacto, mas sim "feijão com arroz", que são sinalizações, cidade limpinha! Então, preocupe-se, prefeito, com a questão da tarifa de esgoto, pois você é o líder máximo dentro do Município! A gente fez o que pôde, apontando as irregularidades, a Defensoria entrou com a representação, o dr. Milton, juiz, deu decisão suspendendo a tarifa e, quando isto começou a acontecer, infelizmente a Copasa conseguiu um efeito suspensivo! Hoje, aprovamos nesta Casa, em votação final, uma alteração na Lei Orgânica reconhecendo que foi irregular aquela votação que autoziou a cobrança do esgoto e determinando a suspensão definitiva desta tarifa. Agora, é com o prefeito, que deve rever este contrato, pois tem força para isto. fica aqui nosso apelo".
Antes de terminar, Jorginho externou sua contrariedade à forma com que Jarbinhas tem lidado com a crise político-partidária entre ele e o governador Fernando Pimentel. Isto, mesmo com o próprio vereador também tendo concordado que o governo estadual deixa a desejar, sobre o repasse de verbas aos municípios: "O governo do Pimentel é um "desgoverno" mesmo, pois não está cumprindo com suas obrigações. Mas, o prefeito Jarbinhas precisa olhar para seu trabalho também, pois está faltando eficiência em seu governo!", finalizou Jorginho, cujas palavras foram endossadas pela colega de bancada dele, dra. Salma Regina Gallate, que é vice-presidente da Câmara.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]