190
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 14/06/2018 12:39

Vereador Francis adverte a Prefeitura sobre as consequências ruins da paralisação do campeonato de futsal

Educador físico, Francis poderá ingressar até com CPI, caso o problema dos esportistas da cidade não seja resolvido
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Vereador Francis adverte a Prefeitura sobre as consequências ruins da paralisação do campeonato de futsal

O vereador Francis Osmar da Silva fez um pronunciamento nesta noite de segunda-feira, 11 de junho, contra a situação atual do esporte público guaxupeano. Presente à 9ª Sessão Ordinária, ocorrida na sede do Legislativo local, o parlamentar em questão advertiu à Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo de que providências devem ser tomadas urgentemente, com vistas à organização dos campeonatos de futebol e futsal. Isto, porque Francis, que é educador físico e acompanha de perto as competições promovidas pela Prefeitura, constatou a paralisação do Campeonato Comercial e Industrial (de futsal), por problemas licitatórios, o que poderá acontecer também com o futebol de campo, caso a solução para o problema não seja encontrada com rapidez.

Francis tornou o assunto público durante o Grande Expediente, onde divulgou o problema da licitação feita com a empresa de arbitragem, a qual não chegou a assumir o trabalho, conforme combinado: “Sei que o pessoal do Esporte trabalha com afinco, mas fica uma advertência, pois o campeonato de futsal de Guaxupé foi paralisado há duas semanas e o mesmo pode acontecer com o futebol de campo também! Por isto, quero pedir às autoridades competentes que analisem este fato e não deixem ficar muito tempo parado! Uma das poucas coisas que Guaxupé tem para diminuir a violência e as drogas é o esporte. Isto, sem falar no lazer, pois a comunidade encontra sua distração nos campeonatos. Portanto, analisem o contrato quebrado com a empresa de arbitragem”, ressaltou Francis Osmar, que preside inclusive a Comissão de Esporte da Câmara, onde a paralisação do campeonato de futsal poderá ser investigada via Comissão Parlamentar de Inquérito.

Ainda sem solução, o problema da falta de arbitragem no futsal amador guaxupeano remete a questões ocorrentes na atual administração. Primeiramente, a empresa vencedora da licitação para construir o Terminal Rodoviário Urbano abandonou a obra, que encontra-se paralisada até hoje. Depois, mais recente, a população sofreu por duas semanas com a falta da coleta de lixo e limpeza urbana, haja vista o desencontro entre a Macchione (que vendeu o processo, mas não chegou a iniciar suas atividades) e a Prefeitura, tendo a Constroeste sido recontratada, após quinze dias de polêmica. “Sabemos que o mundo - CLIQUE AQUI e assista ao pronunciamento do vereador Francis.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]