1088
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 05/07/2018 18:08

Documentário sobre José Bonifácio lota cinema em BH

Deputado Lafayette Andrada com os filhos, a tetraneta de José Bonifácio, dona Marina Andrada e o filho dela, José Bonifácio Andrada Ibrahim
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Documentário sobre José Bonifácio lota cinema em BH

Com ingressos esgotados, estreou na quarta-feira (04/07), em Belo Horizonte, o longa: “Bonifácio – O Fundador do Brasil”. O documentário, exibido no Cinemark do Pátio Savassi, região sul da capital, conta a trajetória de José Bonifácio Andrada e Silva, estadista, filósofo, mineralogista, estrategista e herói de guerra que teve papel decisivo no processo de emancipação do Brasil, entrando para a história como o “Patriarca da Independência”. “É preciso valorizar figuras como ele (José Bonifácio Andrada e Silva) e resgatar a memória brasileira, destacando os heróis nacionais e seus feitos”, ressaltou o deputado Lafayette Andrada. “O filme foi muito bem produzido. Vale a pena assistir”, elogiou

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Adalclever Lopes, também prestigiou a apresentação do documentário. “É uma história excepcional, Bonifácio deixou para todos nós, homens públicos, um exemplo de dedicação à política”, afirmou. “Quero parabenizar o Rafael Nogueira (idealizador do filme) e a todos os envolvidos por relembrar a trajetória deste personagem tão importante para a fundação do nosso País”, destacou o vereador de Belo Horizonte, Doorgal Andrada, também descendente do homenageado.

A biografia do estadista, nascido em Santos, foi contada através de depoimentos de personalidades, familiares e historiadores. O longa reconstruiu o mito de Bonifácio, mostrando os fatos significativos em que ele se envolveu, as personagens históricas que o rodearam e os locais pelos quais passou. Foram entrevistados o filósofo Olavo de Carvalho, o professor e especialista em José Bonifácio, Rafael Nogueira; a tetraneta de Bonifácio, Dona Marina Andrada; o professor da Universidade de Coimbra, Pedro Callapez; o presidente da Fundação Pró-Memória José Bonifácio, Arlindo Salgueiro; o filólogo e professor, Sergio Pachá e o Príncipe Imperial brasileiro, D. Bertrand de Órleans e Bragança.

Bonifácio foi interpretado pelo ator Paulo Lopes e a direção do longa é de Mauro Ventura. O filme estreou nas salas de cinema em 6 de junho, com sessões especiais nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e São Luiz (MA). Depois, no dia 13/6, em São Paulo (SP) e Santos (SP) e em Fortaleza (CE) no dia 20/06. Na capital mineira, o documentário também foi exibido no dia 05 de julho, repetindo a lotação da estreia. Diante do sucesso de público, o professor Rafael Nogueira, idealizador do documentário, faz planos para outras produções sobre José Bonifácio. “Esse foi só o começo e fizemos justamente com o objetivo de estimular outras mentes talentosas a quem sabe escrever uma série, um filme… Com uma biografia tão rica, podemos pensar em outros projetos”, ressaltou o professor.

“Bonifácio - O Fundador do Brasil”, foi viabilizado através de uma campanha de financiamento coletivo (Crowdfunding). Nessa modalidade, o criador utiliza, em vez de verba pública ou leis de incentivo, uma rede de colaboradores, que também se torna divulgadora do projeto. Para o documentário, foram arrecadados, por meio de investidores individuais e empresas, R$380 mil reais — maior montante já apurado no cinema brasileiro, quebrando o recorde anterior, que pertencia a “O Jardim das Aflições”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]