256
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 12/07/2018 18:35

Francis enaltece o trabalho social de "Peixão", critica a falta d"água no Poliesportivo e a dispensa de 200 funcionários da Legrand

Vereador, que se destaca pela luta em favor das camadas sociais menos privilegiadas, sugeriu mais respeito da Prefeitura aos cidadãos
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Francis enaltece o trabalho social de

O vereador Francis Osmar Silva fez um pronunciamento na Tribuna da Câmara Municipal de Guaxupé, nesta noite de segunda-feira, 9 de julho, para noticiar suas ações em favor das comunidades locais e chamar a atenção da Prefeitura para os problemas ocorrente no Ginásio Municipal Poliesportivo, além de questionar o desenvolvimento econômico, haja vista que a Legrand, empresa estabelecida no Pólo Industrial, dispensou 200 funcionários, na semana passada, o que está sendo visto pela população como uma tragédia. Reconhecido defensor principalmente das camadas sociais menos privilegiadas e dos esportistas da cidade, Francis enalteceu o trabalho do líder comunitário Marcelo Souza de Andrade (Peixão), presidente do Exército do Bem, onde cerca de quinhentas pessoas participaram de uma festa junina na semana passada. De volta ao setor do esporte, o vereador em questão foi taxativo ao sugerir mais empenho por parte do poder público para com as condições do ginásio, a organização das competições e a valorização dos esportistas da cidade.

Francis fez suas explanações durante o Pequeno Expediente, quando ressaltou o brilhantismo da festa junina do Exército do Bem, que neste ano teve o advogado Toninho Andrada, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Barbacena, na condição de patrono: “É um grande parceiro que conquistei, junto ao irmão dele, o deputado estadual Lafayette Andrada, sendo que me sinto muito à vontade para agradecê-los pela aliança política recém-firmada. Lafayette, que é vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, me recebeu em Belo Horizonte, acolheu meus pedidos de apoio para a Apae e a Casa da Criança, e nos fortaleceu com sua presença na festa deste incansável e admirável Marcelo ‘Peixão’. Inclusive, peço aos meus pares, nesta Câmara, que olhem com carinho e atenção para o trabalho social realizado pelo Exército do Bem, pois eles fazem o que muitos não enxergam. Eles veem pessoas com olhos humanos, enquanto muitos consideram-nas apenas problemas!”, conclamou Francis.

Já com relação ao esporte, o vereador criticou a falta d’água no Ginásio Poliesportivo, na quinta-feira passada, quando crianças e adultos disputaram partidas decisivas pelo Campeonato Comercial e Industrial. “Há algumas semanas, os campeonatos de futsal e futebol de campo da cidade foram paralisados por problemas em licitações. Todos sabem da importância do esporte para a população e, principalmente, aos jovens de Guaxupé, que sem futebol pouco têm a fazer na cidade, aos fins de semana. E isto tem sido extremamente repudiado pelos esportistas. E, para piorar, na última quinta-feira, após semanas sem futsal, o campeonato retorno, com o Poliesportivo recebendo três partidas decisivas e, consequentemente, um público expressivo. Porém, amigos vereadores, não havia sequer uma gota d’água para atletas e torcedores usarem, pois a caixa d’água estava interditada. Isso não pode acontecer numa cidade do porte de Guaxupé, pois peço que a Secretaria de Esportes resolva este problema, pois a população não pode ficar à mercê disto”, disparou Francis, que foi muito cobrado por cidadãos no Poliesportivo, onde ele acompanhou aos jogos.

E, sobre a dispensa em massa da Legrand, que alegou queda nas vendas e, consequentemente, se viu obrigada a reduzir drasticamente a produção, tendo, portanto, causado tristeza a cerca de 800 pessoas, entre trabalhadores e familiares, Francis destacou: “Para nossa cidade isto é uma tragédia, pois quantas famílias serão afetadas? Sugiro, portanto, senhores vereadores, sugiro que atuemos com rigor no sentido de constatar qual é a real situação econômica de nossa cidade, pois todos os dias pessoas me cobram com relação à geração de emprego e de renda. Precisamos de novas empresas e, antes disto, fortalecer as existentes na cidade, pois há alguns dias um grande industrial me revelou o objetivo de abandonar seus negócios em Guaxupé e transferir a empresa para uma cidade onde ele encontre mais amparo. Enfim, quero esclarecer que foi eleito na bancada oposicionista, mas não faço ranço político e sim estou aqui para trabalhar pela comunidade, de quem recebo cobranças todos os dias e preciso, desta forma, prestar contas sobre meu trabalho”, terminou Francis.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]