503
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 27/08/2018 11:47

Cansados de esperar pelo Estado, poder público municipal e comunidade revitalizam calçada do Polivalente

O serviço, intermediado pelos vereadores Zettinho e Tomate, foi concluído após o esforço coletivo, onde a dupla de políticos uniu-se à Prefeitura, além de dirigentes, educadores e alunos do "Poli", assim como membros da comunidade
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Cansados de esperar pelo Estado, poder público municipal e comunidade revitalizam calçada do Polivalente

Uma “força-tarefa” organizada pelos vereadores Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho) e Wilson Ruiz de Oliveira (Tomate) resultou na reforma geral da calçada da Escola Estadual Dr. André Cortez Granero (Polivalente). Cansada de esperar pelo governo estadual, que cada dia mais é criticado pela falta de repasses de recursos aos municípios, a dupla de políticos uniu-se à Prefeitura, além de atiradores do Tiro de Guerra, dirigentes, professores, alunos e familiares de estudantes do “Poli”, tendo executado a obra, em favor do bem coletivo. Apesar de terem plena consciência sobre seu papel principal, que é legislar, os dois parlamentares envolveram-se “de corpo e alma” na causa, haja vista que as deformidades deixadas pelo trabalho incompleto geravam grandes transtornos à população.

Os serviços foram iniciados em 4 de agosto último, tendo sido concluídos neste dia 18, num esforço desencadeado em sistema de “mutirão”, onde o poder público municipal disponibilizou operários da Secretaria de Obras, tendo ainda custeado as despesas, de R$ 5 mil, e voluntários unido-se à equipe, a fim de realizarem os serviços. “Estava muito perigoso para pedestres, cadeirantes, idosos e, em enfim, a população em geral. Tentamos, inicialmente, pela forma burocrática, oficiando o Governo de Minas. Mas, ao tomarmos conhecimento de que a obra foi abandonada há quase dois anos, tomamos nossa atitude”, ressaltou Zettinho, que junto ao colega Wilson “Tomate” visitou a diretora da escola, professora Rosa Pedrosa, com o objetivo de realizar a benfeitoria, tendo sido eles autorizados a providenciar a melhoria em questão.

Após o término dos trabalhos, Zettinho e Tomate comemoraram a ação conjunta: “Não é porque o governo estadual deixou de fazer sua parte que a comunidade arcará com o prejuízo. Acreditamos que seja desta forma que se respeita a população, pois ‘meter a mão na massa’ pelo povo é isto. Agradecemos ao prefeito Jarbinhas, os secretários Arturzinho e Eliton, do Planejamento e de Obras, além de todos os participantes”, ressaltou Tomate. “Nós, da escola, ficamos extremamente sensibilizados com o gesto de todos os envolvidos nesta obra”, concordou a dirigente do Polivalente. “O Governo de Minas tem tratado com descaso não só o funcionalismo público do Estado, quando dos atrasos e parcelamentos nos pagamentos, mas também as Prefeituras, que não estão recebendo os repasses financeiros. E, agora, também as obras do próprio Estado, cuja maioria se encontra paralisada e outras até sem ao menos saírem do papel, trazendo prejuízos direto à população”, definiu a comunicação social da Prefeitura.
 
Protesto

A falta de apoio do Estado aos municípios levou centenas de prefeitos a Belo Horizonte, na semana passada, num protesto intenso para expor os problemas gerados pelo clima de abandono enfrentado pelos governantes das cidades mineiras. De Guaxupé, o prefeito Jarbas Corrêa Filho (Jarbinhas) e o secretário de governo e planejamento, Artur Gonçalves Fernandes (Arturzinho), participaram da marcha, haja vista que o Governo de Minas tem atrasado, do Município, repasses do FUNDEB, da Saúde, Social, Obras, entre outras áreas. Nos dois prédios da Administração Municipal, inclusive, banners gigantes com mensagens de que “Guaxupé vai parar se o governo não pagar” foram fixados na semana passada. Em meio a tudo isto, iniciativas como as dos vereadores Zettinho e Tomate comprovam a situação ruim do Estado e, ao mesmo tempo, o senso de responsabilidade dos agentes públicos locais envolvidos na reforma da calçada do Polivalente.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]