561
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 13/09/2018 19:40

Câmara não sabe quando investigará prejuízo de R$ 375 mil na construção da usina de esgoto

O vereador Chico Timóteo, que recebeu o conteúdo da denúncia, informou que agora o foco é apenas a venda da rede de esgoto
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Câmara não sabe quando investigará prejuízo de R$ 375 mil na construção da usina de esgoto

A Câmara de Guaxupé ainda não iniciou nenhum procedimento para investigar o relatório do Ministério da Transparência – Controladoria Geral da União, que dá conta de graves irregularidades no processo de construção da Estação de Tratamento de Esgoto, em Guaxupé. Divulgado na semana passada, pelo JOGO SÉRIO, o assunto remete a uma minuciosa investigação feita pela própria Controladoria Geral da União, onde foi constatado que a aplicação dos recursos federais não está adequada e exige providências, haja vista que foi identificado prejuízo potencial de R$ 375.136,34.
O Legislativo foi informado da polêmica por meio do ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Mozart Faria, que na semana passada entregou cópias do relatório da CGU ao vereador Francisco Timóteo de Rezende (Chico, que preside a CPI para investigar a venda do esgoto, da Prefeitura para a Copasa). "Não tomamos nenhuma providência ainda, pois o foco agora é esta CPI que estamos fazendo. Se pegarmos mais coisas para assumir, não teremos condições de fazer tudo. Portanto, vamos fazer por etapa. Vamos aguardar e, depois, ver o que aconteceu, realmente. Não estamos ‘guardando no arquivo não’! Uma hora, alguém vai tomar as providências. Mas, por enquanto, não conversamos nada sobre isto não. Isto será tratado sim. Vamos esperar os dias correrem para vermos o que acontecerá”, disse Chico.
Preocupado com a situação, Mozart Faria reenviou a documentação do Ministério da Transparência à Câmara: "Eu havia entregado para o Chico e protocolado um para o Danilo, presidente. Mas, agora, reenviei aos dois e também para cada um dos vereadores, pois trata-se de uma denúncia gravíssima, que foi feita não pelo Mozart e sim pela própria Controladoria Geral da União. Espero que os vereadores analisem a situação, pois ela é, na minha opinião, muito mais grave do que esta CPI que eles estão fazendo. Enfim, o povo de Guaxupé precisa de respostas, precisa saber para onde está indo o dinheiro que deveria já ter sido todo empregado na usina de esgoto", finalizou Mozart. - Ainda com relação ao relatório, o presidente da Câmara, Danilo Martins de Oliveira, disse informalmente ao JOGO SÉRIO, há alguns dias, que também não havia recebido o conteúdo.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]