462
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 20/02/2019 14:27

Cogitado para disputar a Prefeitura em 2020, Cairo Cardoso fala sobre o Partido Novo em Guaxupé

Cairo Cardoso foi entrevistado pelo repórter Carlos Alberto, do JOGO SÉRIO, nesta terça, 19, quando detalhou as metas do Partido Novo, que está se formando com objetivos sólidos
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

O representante do Partido Novo de Guaxupé, Cairo Lúcio Cardoso, conversou com o Jornal JOGO SÉRIO nesta tarde de terça-feira, 19 de fevereiro, quando detalhou as movimentações da referida legenda, que no Município encontra-se em processo estrutural, no caminho da efetivação jurídico-legal. Já bastante cotado na cidade como pré-candidato a prefeito na eleição de 2020, o líder da nova agremiação política local prefere, por hora, concentrar suas atenções à captação de filiados, assim como a divulgação dos princípios e as metas para Guaxupé. Por outro lado, Cairo deixou claro que o “Novo” está sendo organizado com propósitos muito sólidos e que, se disputar qualquer eleição, virá para ganhar.

Cairo Cardoso, que há poucos dias liderou uma reunião muito bem prestigiada na Câmara Municipal, explicou os objetivos do partido em Guaxupé: “O Partido Novo nasceu com a proposta diferente daquela política que, até então, o Brasil vem tendo nos últimos trinta, quarenta anos. É um partido que nasceu de pessoas que não são políticas, mas têm o desejo e a vontade de construir um País diferente do que estamos vivendo hoje. É um partido que, eu diria, nasceu da indignação de pessoas sérias, que querem o bem e acham que merecemos viver num país melhor. E isto não acontece porque não temos uma representatividade que tenha, como meta, servir a sociedade. O que vemos é um Estado inepto, corrupto, inchado, ineficiente, que toma quase 40% da renda da sociedade e não devolve quase nada! É um modelo falido, onde todos os indicadores, quer seja da Educação, Saúde, qualidade de vida e outros, mostram que estamos nas últimas posições. É uma vergonha e isto deve-se à falta de gestão! Enfim, o Partido Novo nasceu daquelas pessoas que cansaram-se de ver tanta coisa e se indagam: ‘Alguém precisa fazer alguma coisa!’. Mas, quem é este alguém? Este ‘alguém’ somos nós, a sociedade!”, disse ele.

Diferente da forma habitual de se fazer política, o Partido Novo não usa dinheiro público para disputar as eleições, sendo que seus filiados contribuem mensalmente: “O Partido Novo não é formado por políticos, é uma legenda que faz processo seletivo para seus candidatos, sendo que não é qualquer um que poderá representá-lo. Não usa verbas do Fundo Partidário, pois só neste ano, para se ter uma ideia, são R$ 2,5 milhões do dinheiro dos impostos, que deveriam ser direcionados para a Saúde, a Educação e outros, mas é direcionado a trinta e cinco partidos políticos, sendo que a grande maioria vive deste ‘Fundo’ e não entrega nada para a sociedade! O Partido Novo não usa dinheiro público para promover seus candidatos e tem, ainda, um comprometimento maior, uma visão de longo prazo, é um partido que tem como ambição construir um Brasil diferente e, acho, que nós merecemos um País melhor”, ressaltou o dirigente.

Primeiro filiado da legenda, em Guaxupé, Cairo ingressou ao Partido Novo em setembro de 2015, tendo sido convencido pela filosofia da legenda: “Vendo o Estatuto, tive uma identidade muito grande com aqueles objetivos do Partido, que vem para fazer diferente do que tem aí e não ‘mais do mesmo’. Ainda mais depois desta campanha vitoriosa, que elegeu doze deputados estaduais, oito federais e o governador do segundo maior Estado da Federação. É um partido que cresce de maneira sustentável e, eu, por ser o primeiro filiado, fui convidado para representá-lo em Guaxupé e mais oito cidades de nossa região. Estamos, agora, num processo de buscar filiados e, na medida em que avançamos nisto, o momento seguinte é montar um diretório. Aí, quando acontecer a organização jurídica do diretório, a gente terá, efetivamente, um representante legal, um presidente, que poderá ser eu ou outro qualquer, pois isto não importa. São necessárias cento e vinte filiações para abrir o diretório e estamos evoluindo bem, com muita gente alinhada a este objetivo do Partido. Elas também estão indignadas e querem fazer a coisa de forma diferente. É gente boa, que se doa à sociedade e não está a fim de se servir dela”, manifestou-se Cairo.

 

Cairo, pré-candidato a prefeito de Guaxupé?

Indagado sobre as possibilidades de, primeiramente, o Partido Novo disputar já as eleições municipais de 2020 e, se o candidato será mesmo Cairo Cardoso, o entrevistado respondeu: “A questão da eleição municipal dependerá da organização do diretório. Estamos trabalhando para isto e acho que, se montarmos o diretório, o Partido Novo participará das eleições municipais, com certeza. E vai para ganhar!”, disse Cairo, que desconversou, sobre o fato de ser ele o nome indicado para concorrer à Prefeitura: “Não! Na realidade, não é o caso. O que estamos fazendo, no momento, é crescendo o Partido, de maneira estruturada, buscando agregar, para nossos quadros, pessoas que a gente entende que possam, efetivamente, agregar, se um dia vierem a participar de qualquer pleito municipal e, obviamente, quando chegar a época, o Partido decidirá se terá candidato em nível municipal, se ficará restrito a algumas capitais, pois o Partido cresce devagar. De repente, a gente não sabe se será uma política lançar candidatos em todas as cidades. Mas, se montarmos o diretório e for uma decisão do Partido lançar candidatos locais em cidades de nosso porte, o Partido participará e o candidato será aquele que os filiados escolherem para representá-los. Não, necessariamente, o Cairo! Pode ser qualquer outra pessoa, pois obviamente haverá uma convenção, quando o que for melhor para a cidade acontecerá!”, informou ele.  

 

Romeu Zema em Guaxupé

Já sobre o mandato do atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema, por meio do qual o Partido Novo passou a ser conhecido amplamente, Cairo Cardoso mostrou-se satisfeito com os primeiros dias da gestão: “Ele esteve em Guaxupé por duas vezes. Na primeira, ele não tinha chance, conforme as pesquisas. Depois, voltou já um pouco mais conhecido, foi mais bem recebido na cidade e, naquela época, achávamos que ele não teria a menor chance. Mas, felizmente, a partir do trabalho que ele fez, de visitar cerca de duzentas cidades mineiras, levando a visão e a proposta do Partido Novo, com um candidato simples, bem sucedido, um sujeito que deixou a iniciativa privada para se doar ao Estado, a sociedade, a partir daí, percebeu isto nele e não quis mais renovar o mandato da velha política. A velha política que promete, promete e nada entrega e que, está mais do que provado, está na hora de mudar. Chega dos velhos políticos! Ele não é político e, eu, acho que, sinceramente, o cara, para fazer uma boa gestão, não precisa mesmo ser político. Ele precisa ser bom gestor, comprometido com a sociedade e tem que ter uma gestão produtiva, eficiente, voltada para os principais interesses da sociedade, que são Educação de qualidade, Saúde de qualidade, Segurança de qualidade e, tenho certeza absoluta, de que ele entregará isto, em nível de Estado. Aliás, já começou e começou muito bem, com muita austeridade, vendendo frota de avião... para se ter uma ideia, o Governo de Minas tem sete aviões, além de dois mil carros espalhados não sei para onde, os quais serão leiloados! Só no Palácio há trinta e dois para atenderem ao ‘rei’ governador. Então, tudo isto está sendo mudado para uma gestão mais austera, mais ‘pé no chão’, com o objetivo de usar bem o dinheiro do contribuinte. Eu acho que ele está indo bem e fará um grande governo para o Estado de Minas Gerais”, concluiu Cairo Cardoso. CLIQUE AQUI e assista a vídeo-matéria sobre este tema!!!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected]gmail.com / [email protected]