702
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 27/03/2019 11:00

Defesa Civil Nacional é recebida na Prefeitura de Guaxupé para tratar os problemas das áreas de risco na cidade e região

Encontro, ocorrido na sede do Executivo guaxupeano, conta com as participações de técnicos do governo federal, além de líderes políticos de Guaxupé, Monte Santo de Minas e Arceburgo
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Defesa Civil Nacional é recebida na Prefeitura de Guaxupé para tratar os problemas das áreas de risco na cidade e região

Representantes da Defesa Civil Nacional encontram-se, neste momento (agora são 10h30 desta quarta-feira, 27 de março), reunidos com membros das prefeituras de Guaxupé, Monte Santo de Minas e Arceburgo, na sala de reuniões do Executivo local. O encontro, agendado na semana passada, após as idas de políticos sulmineiros a Brasília, em audiência organizada pelo deputado federal Emidinho Madeira, tem como objetivo diagnosticar a solução para as áreas de risco nestas cidades. Conforme já amplamente divulgado pelo Jornal JOGO SÉRIO, bairros e setores centrais nos municípios guaxupeano e outros, na região, foram vitimados por enchentes, alagamentos e deslizamentos de terra, em virtude do período chuvoso.

A reunião está sendo liderada pelo secretário de Governo e Planejamento de Guaxupé, Artur Fernandes Gonçalves Filho, o qual conta com os auxílios dos secretários major Márcio Teófilo Nunes (de Segurança Pública) e Claudinei Vitor (do Desenvolvimento Social), além do coordenador da Defesa Civil, Edson Kilian Bitencourt (que representou ao prefeito Jarbas Corrêa Filho – Jarbinhas, na reunião ocorrida no Distrito Federal), entre outros servidores, das equipes técnicas destas áreas. Com eles, os engenheiros da Defesa Civil Nacional e os líderes dos municípios convidados a participar do encontro, onde serão elencados os pontos críticos em cada uma das cidades, com vistas aos pareceres dos técnicos do governo federal.

Ainda sobre o motivo da vinda de representantes da federação a Guaxupé, vale lembrar que entre os pontos mais críticos da cidade está a Vila Progresso, onde mais de setenta casas foram inundadas em 2017 e cerca de vinte vitimadas com a enchente de março último. Para lá, conforme Prefeitura e moradores, a saída mais ideal será a remoção de famílias das chamadas áreas de risco, uma vez que o bairro foi construído há trinta anos, aproximadamente, em área alagadiça e, desde então, aquela comunidade sobre com os problemas estruturais. Já sobre Parque da Figueira, Jardim Bela Vista, trechos da Avenida Conde Ribeiro do Valle e outros, geralmente atingidos por inundações, os engenheiros da Defesa Civil Nacional farão um diagnóstico específico. Veja, logo mais, informações detalhadas a respeito da presença dos integrantes do Governo Federal a Guaxupé.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]