503
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 02/04/2019 14:14

Vereador Francis pede explicações sobre transferência de delegada e cobra Tuga por suposta redução de vagas a idosos

Francis: "Sei da realidade difícil da Tuga, que reclama sempre poucas adesões e, por isto, tenta o que pode para se manter ativa. Mas, em primeiro lugar vem o bem-estar dos cidadãos"
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Vereador Francis pede explicações sobre transferência de delegada e cobra Tuga por suposta redução de vagas a idosos

O vereador Francis Osmar da Silva oficiou, nesta semana, o delegado regional, Marcus Pimenta, chefe da Polícia Civil de Guaxupé e o Sudoeste de Minas Gerais, para saber sobre a suposta transferência da delegada da mulher, dra. Sarah Santos, cujo tema foi levado até o parlamentar, que iniciará, por estes dias, campanhas que combatem o feminicídio. No mesmo despacho, o legislador buscou contato com a direção da Tuga/Viação Guaxupé, a fim de esclarecer a possível redução de vagas destinadas a idosos, no transporte público urbano.

Francis, que está disposto a desenvolver projetos de proteção à mulher, se reunirá com a chefia da Delegacia por estes dias: “Sei da competência do dr. Marcus, mas eleitores meus reclamaram a saída de dra. Sarah, que era considerada muito importante para o trabalho contra a violência doméstica, principalmente em casos quando as vítimas eram mulheres ou meninas, menores de idade. Se ela foi embora, precisamos que outra a substitua, pois lamentavelmente são muitos os casos de ‘Maria da Penha’ em Guaxupé, o que nos entristece muito”, refletiu Francis.

Já com relação à Tuga, o vereador atende à reivindicação de usuários: “O Carlinhos Militar de Melo, que utiliza o transporte e goza do direito à gratuidade, remeteu ofício à Câmara, reclamando que se forem mais de dez, nas mesmas condições, o 11º não pode utilizar o transporte de graça. Então, nosso presidente, Léo Moras, me incumbiu desta responsabilidade, pois componho a Comissão da Juventude e do Idoso, na Câmara. Sei da realidade difícil da Tuga, que reclama sempre poucas adesões e, por isto, tenta o que pode para se manter ativa. Mas, em primeiro lugar vem o bem-estar dos cidadãos e, sendo assim, veremos o que de melhor para eles poderá ser feito”, finalizou Francis.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]