5558
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 21/05/2019 14:55

Município adquire imóvel do antigo SESI para atender comunidades de projetos socioesportivos

De acordo com os responsáveis pela conquista, inicialmente cerca de seiscentas pessoas serão atendidas no local, cuja estrutura foi elogiada na primeira visita
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Município adquire imóvel do antigo SESI para atender comunidades de projetos socioesportivos

A Prefeitura de Guaxupé adquiriu, por estes dias, o complexo socio-esportivo que por muitos anos abrigou o SESI, que foi desativado recentemente, cujo prédio pertence à FIEMG e foi entregue ao Município por contrato de comodato. Dedicada ao atendimento de crianças, adultos e idosos assistidos pelos programas das secretarias de Desenvolvimento Social e Esporte locais, a municipalidade prevê o engajamento com pelo menos seiscentas pessoas, as quais terão acesso às quadras, piscinas, áreas de lazer e todas as dependências do imóvel. A notícia, divulgada nesta semana, fez parte de uma indicação do vereador Francis Osmar da Silva, o qual visitou o local em companhia do secretário social, Claudinei Vítor e do diretor da Divisão de Esportes, Murilo Gallate, junto a uma equipe do CRAS.

O antigo SESI atenderá ao público do Centro de Referência à Assistência Social, além das pessoas pertencentes ao sistema de Gestão de Cadastro Único de Programas Sociais e principalmente crianças e adolescentes que integram equipes de esportes, em várias modalidades. “Há, ainda, a possibilidade de uma parceria com a ‘Associação Dona Vina’, que também foi pedido do vereador Francis, haja vista a qualidade dos serviços prestados por aquele grupo”, informou Claudinei, que transferirá parte do Desenvolvimento Social para o local: “Temos a unidade do CRAS entre o Parque dos Municípios e o Catetos, mas o pensamento do prefeito Jarbinhas é de que manter uma sede aqui, onde teremos acesso pleno a nosso público-alvo, tornará nosso trabalho ainda mais eficaz”, complementou o secretário.

Mais especificamente no setor esportivo, a Divisão de Esportes reativará projetos que encontram-se paralisados, como as aulas de natação: “Nós estávamos tão ansiosos quanto os atletas e seus familiares, com quem nos reunimos na Câmara Municipal, nesta noite de sexta-feira, para transmitir a notícia de que as atividades serão reiniciadas. Também pretendemos atender lá as atividades com futsal, voleibol, entre outras, pois, na verdade, com uma reformazinha o lugar ficará, de fato, ideal para a prática esportivo-social”, disse o diretor Murilo, cuja notícia, transmitida aos nadadores da cidade, numa reunião organizada pelo vereador Francis, no Legislativo, foi muito comemorada: “Estávamos todos muito tristes, pois a natação é muito importante a nossos filhos”, disse Nilton Geraldo da Silva, pai da nadadora Evelin, a qual também festejou: “Eu, que iniciei-me no esporte por motivo de saúde, sei o quando as atividades são importantes”, completou a atleta, de 13 anos (cerca de trinta pessoas participaram da reunião).  

Ainda sobre a utilização do prédio da FIEMG, a expectativa é de que obras de adaptação comecem já por estes dias: “A gente não pode perder tempo, pois tanto os atletas da cidade quanto as pessoas da terceira idade e a comunidade, em geral, será muito beneficiada com esta conquista. Sou suspeito para falar sobre qualidade de vida por meio do esporte, já que sou educador físico. Mas, todos sabem que falo com propriedade, pois todos os dias vejo o quanto ele é importante para o corpo, a mente e a vida das pessoas. Agradeço ao atendimento de minha indicação, já que havia outras opções para cá. Mas, sendo bem franco, creio que esta tenha sido a mais acertada, pois moradores de bairros populares, de diferentes setores, poderão aproveitar o local, que antes era particular, mas agora servirá as comunidades gratuitamente”, finalizou o vereador Francis.  

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]