4368
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/11/2019 11:50

Chico Timóteo substituirá Ari Cardoso na CPI do sistema fotovoltaico

Sorridente, Chico é cumprimentado por Ari, que pediu a saída da CPI e será substituído pelo colega de Câmara
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Chico Timóteo substituirá Ari Cardoso na CPI do sistema fotovoltaico

O vereador Francisco Timóteo de Rezende (Chico) substituirá o colega, Ari Cardoso, na Comissão Parlamentar de Inquérito formada para investigar supostas irregularidades no sistema de iluminação fotovoltaica em Guaxupé. A troca foi noticiada nesta noite de segunda-feira, 18 de novembro, durante a 17ª Sessão Ordinária da Câmara de Guaxupé. Conforme já divulgado pelo JOGO SÉRIO, Ari pediu para sair após polêmicas envolvendo a referida CPI.
Chico Timóteo foi anunciado pelo presidente Leonardo Donizetti Moraes, o qual baixou Portaria com a mudança de membro na Comissão, que conta ainda com as presenças do presidente, Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho) e Paulo César Beltrão (Paulinho, relator). Informado em plenário, Chico ressaltou: "É uma responsabilidade muito grande, pois já participei de outra CPI e confesso que no primeiro dia nem consegui dormir. Mas, se Deus me colocou nesta missão, vou cumpri-la novamente, pois penso que não podemos fugir dos caminhos aos quais somos predestinados. Vou aceitar sim!", respondeu Timóteo.
Ainda sobre a CPI, Ari Cardoso pediu sua saída na semana passada, durante a 16ª sessão da Câmara, após o presidente da Comissão, Zettinho, discursar taxativamente sobre supostas interferências externas, por parte do legislador Jorge Batista Bento da Paz, o Jorginho, acusado de tumultuar os trabalhos da Comissão. Na ocasião, também registrada pelo Jornal, Zettinho usou nariz de palhaço para externar seu repúdio. Jorginho, em sua defesa, alegou que a CPI está parcial, com os membros, na opinião dele, tendenciosos em favor da Prefeitura, que foi acusada de ter gasto R$ 2 milhões para iluminar os trevos do Japy, Pólo Industrial e Avenida Perimetral, sob a alegação de que o projeto geraria 100% de energia sustentável, o que o denunciante afrima não estar ocorrendo.
Iniciada em 23 de outubro último, a CPI já ouviu ao próprio Jorginho, além do empresário Juscelino Ferraz, que é dono de empresa de construções elétricas que afirmou ser possível executar o mesmo projeto, com garantia de 100% de eficiência, por apenas R$ 900 mil; e também o engenheiro Renan Fávaro, da Ricel Instalações Elétricas, que foi a responsável por implantar o sistema fotovoltaico nos trevos (e garantiu não ter havido nenhum problema com a execução do projeto). Na semana passada, conforme Zettinho, membros da Cemig seriam ouvidos, mas não responderam às tentativas de agendamento. A CPI, que a partir de seu início tem sessenta dias para ser concluída, prossegue com novas oitivas, coletas de provas e, ao final, os membros emitirão parecer, que será enviado ao Ministério Público.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.