92
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 14/02/2020 10:57

Moto-taxistas pedem aos vereadores para regulamentarem a atividade em Guaxupé

Profissionais do transporte foram à sessão da Câmara cobrar apoio dos legisladores
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Moto-taxistas pedem aos vereadores para regulamentarem a atividade em Guaxupé

O autônomo Natanael de Brito, de Guaxupé, usou a tribuna da Câmara Municipal nesta segunda-feira, 10 de fevereiro, durante a 1ª Sessão Ordinária. Representante dos moto-taxistas da cidade, ele fez um pronunciamento de oito minutos, onde externou as dificuldades da categoria, que está sendo impedida de trabalhar por falta de uma legislação adequada. Mais do que isto, pediu o apoio dos legisladores no sentido de garantirem que a classe sustente suas famílias por meio da profissão escolhida.
Natanael lembrou a grande aceitação popular ao serviço que oferecem os moto-taxistas: "Atendemos gente de todas as camadas, mas o pessoal de baixa renda econômica é nossa maior clientela, pois não tem condições de se locomover de outros meios, já que as motos são mais baratas e rápidas", disse ele, que referiu-se principalmente à classe trabalhadora, que paga, geralmente, R$ 6,00 por uma corrida.
Em Guaxupé, conforme apurado pelo JOGO SÉRIO, há cerca de trinta autônomos executando serviços de mototáxi e motoboy. Em seu pronunciamento, Natanael enfatizou pontos que justificam a atividade: "Eu, por exemplo, tenho firma aberta como motoboy e secundário na condição e mototáxi. Quer dizer que eu pago meus impostos conforme determinam as leis municipal, estadual e federal. Além do mais, movimentamos a economia como qualquer outro empresário, somos pais de família e corremos riscos igualmente a qualquer pessoa, esteja ela no ramo que estiver. E o quanto gastamos com combustível, mecânica e outras despesas? Então, por aí dá para ver o quanto nossa profissão é salutar para o Município", destacou ele.

Podem contar com a Câmara?
Aos vereadores, Natanael solicitou apoio para a regulamentação da profissão: "Eu falo em nome de todos, que só querem ter a profissão regulamentada, uma vez que a atividade já existe há muitos anos. Então, vereadores, contamos com o apoio de vocês", concluiu Natanael, que na Câmara esteve acompanhado por vários moto-taxistas. Após as explanações, nenhum vereador se manifestou sobre seus pontos de vista com relação à causa.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.